Outra medida econômica é linha de crédito sem juros e sem garantia

Publicado em 8 de abril de 2020, em Política

Para suporte das empresas em dificuldades por conta dos efeitos da disseminação do novo coronavírus, mais uma medida de emergência.

Neste Artigo:
&nbspOutra medida econômica é linha de crédito sem juros e sem garantia
Cédulas de 10 mil ienes (Flickr)

Concomitantemente com a declaração de estado de emergência em Tóquio e mais 6 províncias, na terça-feira (7) o Primeiro-Ministro Shinzo Abe informou sobre o terceiro pacote de medidas econômicas de emergência diante da propagação do novo coronavírus.

Publicidade

Entre as medidas divulgadas uma delas é uma linha de crédito sem garantia e sem juros para as empresas que enfrentam dificuldades nesta época.

Cabe aos governos de cada província fazer essa gestão e há locais que já começaram como Tóquio para responder imediatamente a essa medida.

Osaka e Kanagawa estão pensando em criar novos empréstimos institucionais, de acordo com essa nova medida anunciada. A província de Nara já tem esse sistema de linha de crédito sem juros mas irá ajustá-la de acordo com a nova medida emergencial.

Para implementação é necessário que cada província prepare um orçamento e depois cada município deverá começar a abrir os empréstimos a partir do próximo mês. 

O país concederá esse financiamento e a empresa que receber o empréstimo terá 3 anos sem juros para a devolução e até 5 anos para devolver o valor emprestado. 

Após a crise do novo coronavírus: lazer e turismo

Depois que a o grave problema for resolvido o governo incluiu nesse pacote de medidas de emergência medidas para estimular a demanda de diversos segmentos comerciais e de serviços do país. 

Entre eles os de turismo incluindo hotelaria e transportes; restaurantes, bares e cafés, entretenimento e eventos.

A indústria do turismo receberá subsídio de metade dos preços das viagens domésticas. Anunciou que fará distribuição de cupons para serem usados em instalações turísticas, com orçamento que deverá chegar a 1 trilhão de ienes.

Se ainda não leu sobre as medidas para as famílias e PMEs, incluindo freelancers e autônomos toque aqui.

Fontes: NHK e Nikkei 


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão