Abe se apressa para aprovar estado de emergência, veja o que pode mudar

Publicado em 5 de março de 2020, em Política

O Primeiro-Ministro se reuniu com políticos da situação e oposição para aprovar a declaração de estado emergência por causa do novo coronavírus.

Neste Artigo:
&nbspAbe se apressa para aprovar estado de emergência, veja o que pode mudar
Abe em reunião com o partido de oposição para pedir apoio (NHK)

Já passa de mil pessoas infectadas pelo novo coronavírus, somando os passageiros do cruzeiro Diamond Princess e de dentro do Japão. Até as 7h de quinta-feira (5) são 1.035, mas logo depois soube-se de novos pacientes, incluindo uma província de Chugoku, região onde era zero. 

Publicidade

Na quarta-feira (4) Shinzo Abe, o primeiro-ministro, teve reuniões com os políticos para aprovar urgentemente a emenda da declaração do estado de emergência. “Diante dessa crise não há situação nem oposição”, disse ele. “Precisamos trabalhar em conjunto. A Lei de Medidas Especiais estipula que uma declaração de estado de emergência pode ser acionada em situação crítica”, explicou.

Até o momento o primeiro-ministro Abe solicitou controle dos eventos e fechamento temporário das escolas, mas o ponto principal dessa declaração é que ela será reforçada em etapas, passando de pedidos à instruções ou ordens.

O que pode mudar com a declaração de estado de emergência

Os pontos que poderão ser destacados caso isso aconteça são:

  • Instruções específicas para as instituições médicas e profissionais da saúde, além de vacinação e prioridade no transporte e entrega de suprimentos de emergência
  • Pedidos para armazenamento de roupas e alimentos 
  • Solicitação para a população evitar de sair de casa sem necessidade 
  • Uso de terrenos para construção de instalação médica
  • Restrições à realização de grandes eventos e instruções para restringir o uso de cinemas, teatros, casas de shows, etc. em locais com área de mais de mil metros quadrados
  • Instrução para fechar temporariamente creches e escolas

Se for decretado, quando?

O representante dos partidos da oposição disse que o papel do governo é evitar que isso aconteça pois tem a preocupação de limitar os direitos humanos. Porém, se o governo apresentar comprovações científicas dessa necessidade poderá apoiá-lo, já que essa declaração permitirá que medidas mais eficazes sejam tomadas rapidamente.

O governo considera enviar imediatamente um projeto da emenda a Dieta Nacional para aprovação, visando aprovação na próxima semana.

Fontes: ANN, Asahi, FNN e NHK


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!