“Não quero utilizar força militar”, declara presidente Trump

Publicado em 9 de janeiro de 2020, em Notícias do Mundo, Política

Em discurso realizado pelo presidente Trump horas após aos ataques aéreos do Irã contra bases militares, o presidente americano disse que não queria recorrer a uso militar.

Neste Artigo:
 
Acompanhado pelo vice-presidente Mike Pence e pela cúpula militar dos EUA, Trump faz declaração sobre os ataques do Irã

Após os ataques aéreos que atingiram duas bases com militares americanos, o presidente americano Donald Trump se pronunciou na Casa Branca por volta das 11h30 do dia 8 (1h30 do dia 9 no horário japonês).

Publicidade

Logo no início, Trump explicou que não houve vítimas americanas no ataque cometido pelo Irã. “Todos os soldados do exército americano estão em segurança. Os danos às bases do exército foram pequenos”, conta o presidente.

“O exército americano está preparado para tudo”, discursa o presidente. Contudo, diferente de seus discursos anteriores, em que o presidente ameaçou atacar alvos históricos e culturais do Irã e realizar contra-ataques de maneira desproporcional, o presidente falou que os Estados Unidos não precisam necessariamente dar uma resposta militar.

“O Irã está se acalmando, o que é uma coisa boa para todas as partes envolvidas e para o mundo”, afirma. “O fato de termos esse excelente poderio militar não significa que precisamos usá-lo. Não queremos usá-lo”, completa Trump, que ´demonstra intenção de recorrer a sanções econômicas em vez de força militar.

No final do discurso de 10 minutos, Trump deixa uma mensagem de paz para o povo iraniano e seus líderes. “Os Estados Unidos se esforçará para atingir a paz junto a todas as pessoas que a procuram”, disse.

Organização das Nações Unidas (ONU) aprova decisão de Trump

“Apoiamos o fato de que (Trump) tenha demonstrado que deseja impedir um confronto direto”, disse o porta-voz das Nações Unidas.

Na quarta-feira (8), horário japonês, as Nações Unidas estava preocupada que o lançamento de mísseis balísticos contra bases utilizados pelo exército americano aumentasse ainda mais as tensões entre os países, e pediu para os envolvidos se controlarem para que a situação não piorasse.

“Um acordo nuclear é a melhor forma de parar o desenvolvimento nuclear do Irã”, declara primeiro-ministro inglês

Durante o discurso, Trump afirmou que os países envolvidos deveriam cooperar para a formação de um novo acordo. O primeiro-ministro inglês Boris Johnson se adiantou e fez um pronunciamento em reunião do parlamento no dia 8. “Continuo a acreditar que um acordo militar é a melhor forma de parar o desenvolvimento nuclear do Irã”, afirma.

Fonte: NHK News


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão