Falta de semicondutores afeta Nissan, Mitsubishi e Suzuki, com redução da produção

Publicado em 24 de maio de 2021, em Economia

Duas das 3 montadoras japonesas informaram que são obrigadas a reduzir a produção, tanto no Japão quanto no exterior.

Neste Artigo:
&nbspFalta de semicondutores afeta Nissan, Mitsubishi e Suzuki, com redução da produção
Logomarca das 3 montadoras (HP)

As 3 montadoras japonesas, Mitsubishi, Nissan e Suzuki, informaram que serão obrigadas a reduzir a produção em junho, por causa da falta de semicondutores.

Publicidade

A Mitsubishi Motors anunciou que o impacto será de diminuição de cerca de 80 mil unidades neste primeiro semestre, das quais cerca de 40 mil estão planejadas para serem suplementadas no segundo semestre.

A redução das plantas de Okazaki (Aichi), Kurashiki (Okayama) e Tailândia chega a 16 mil unidades de veículos em maio. Em junho deverá ser ainda maior, pois além dessas 3 bases, incluirá a Pajero Manufacturing em Sakahogi (Gifu) e Indonésia.

A Nissan Motor também planeja ajustar a produção em três fábricas do país em junho. Serão as plantas de Tochigi, Oppama, em Yokosuka (Kanagawa) e sua subsidiária em Kyushu, situada em Kanda (Fukuoka). 

Estima-se que a escala de cortes de produção em 2021 devido ao impacto da escassez de semicondutores será de cerca de 500 mil unidades. Mas, planeja recuperar a produção de cerca de 250 mil veículos no segundo semestre do ano.

A Suzuki decidiu suspender temporariamente a produção em três fábricas na prefeitura de Shizuoka em junho porque não consegue adquirir peças necessárias em número suficiente devido à escassez global de semicondutores. São as plantas de Makinohara, Iwata e Kosai, todas na província de Shizuoka.

Não incluindo sábados e domingos, a suspensão temporária deverá ser de 3 a 9 dias. Não será a primeira vez, pois no mês passado fez o mesmo. 

Em relação à escassez de semicondutores, a Toyota Motor suspenderá as linhas de produção por até 8 dias em algumas plantas do Japão no mês que vem. 

No mês passado a Subaru paralisou temporariamente uma planta de Gunma por 8 dias  e 10 dias em uma outra nos Estados Unidos.

Fontes: NHK e Traffic News


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão