Fast Retailing: queda nas vendas pela primeira vez em 17 anos

Publicado em 16 de outubro de 2020, em Economia

A crise desencadeada pela pandemia do novo coronavírus afetou as vendas da indústria da confecção, de um modo geral, gerando prejuízos, mas não da Uniqlo.

Neste Artigo:
&nbspFast Retailing: queda nas vendas pela primeira vez em 17 anos
Imagem ilustrativa de uma loja Uniqlo (Wikimedia)

De acordo com os resultados financeiros consolidados para o ano fiscal encerrado em agosto deste ano, nos padrões internacionais de contabilidade, anunciados pela Fast Retailing, na quinta-feira (15), houve uma queda de 12,3% do faturamento total. 

Publicidade

Significa o menor em 17 anos, ou seja, desde 2003, fechando com 2,88 trilhões de ienes. O lucro final foi de 90,3 bilhões de ienes, 44% a menos do que no ano anterior. 

Enquanto no mundo as empresas do vestuário casual amargam déficits a dona de uma das mais importantes marcas, a Uniqlo, conseguiu garantir superávit. 

Mesmo em meio a uma situação difícil por causa da pandemia do novo coronavírus, com declaração de situação de emergência e posteriormente os pedidos de restrição para sair, e com fechamento temporário de cerca de 300 lojas, ainda conseguiu superar. 

Tadashi Yanai, CEO, disse que o período de março a maio foi difícil, com queda de visitantes nas lojas. Mas, com o home office houve mudança no consumo e, a partir de junho, o movimento começou a melhorar. 

Em agosto as vendas voltaram à normalidade, com impulso das lojas online. Houve um grande aumento na demanda, explicou. Dentre as marcas, a Uniqlo teve queda no Japão, de 7,6%, enquanto no exterior foi de 17,7%.

A empresa Fast Retailing é dona das marcas Uniqlo, GU, J Brand, Comptoir des Cotonniers, Princesse Tam-Tam e Theory.

Fontes: Yomiuri e NHK


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Produtos Brasileiros no Japão