Karaokês em perigo: muitos deles já desapareceram

Publicado em 18 de setembro de 2020, em Economia

Como se aponta que o novo coronavírus é transmitido pela infecção por respingos e por contato, os karaokês são considerados locais a evitar.

Neste Artigo:
&nbspKaraokês em perigo: muitos deles já desapareceram
Imagem ilustrativa de karaokê (Pixabay)

Por ser um dos locais apontado como risco de transmissão da infecção do novo coronavírus pelos respingos, as instalações de karaokês em todo o país estão em risco.

Publicidade

A queda pela procura dos karaokês boxes aumentou sensivelmente durante a pandemia. Em Tóquio, mesmo com a liberação da restrição das atividades de determinados segmentos, não se sabe se os clientes voltarão a frequentar para cantar.

A história do karaokê começou na década de 70 no Japão e se tornou popular no mundo todo, tanto que a palavra é usada sem tradução. As lojas estão passando pela pior crise de todos os tempos, como um golpe. 

Agosto seria o segundo mês do ano de maior faturamento, depois de dezembro, por causa das férias escolares e das visitas dos netos à casa dos avós. Mas, com a pandemia as vendas ficaram reduzidas a 30 e 40% em comparação com o ano anterior.

De acordo com a Japan Karaoke Box Association Federation, das aproximadamente 6 mil casas em todo o país, acredita-se que mais de 500 tenham fechado devido aos efeitos da crise desencadeada pela pandemia do novo coronavírus.

Os estabelecimentos de Tóquio foram os mais prejudicados, quando foi declarada situação de emergência em abril e maio, pois muitas delas pagavam mais de 1 milhão de ienes de aluguel mensal.

Fonte: Asahi 


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Produtos Brasileiros no Japão