Verduras mais caras, chegando a 240% de aumento

Publicado em 21 de agosto de 2020, em Economia

Os preços elevados das hortaliças nos supermercados e quitandas assustam os consumidores.

Neste Artigo:
&nbspVerduras mais caras, chegando a 240% de aumento
Salada com hortaliças (RitaE por Pixabay)

As hortaliças sazonais estão muito mais caras este ano. De acordo com levantamento do Ministério da Agricultura, Florestas e Pescas, a média nacional entre os dias 10 a 12 é de cerca de 140% a mais do que o normal, para berinjela e pepino, por exemplo.

Publicidade

No entanto, o preço da alface, verdura que não falta nas saladas, chegou a 240% de aumento de preço. 

Segundo Hiromichi Akiba, dono da Akidai, em Tóquio, informou que em geral um pé de alface costuma ser vendida a 100 ienes, mas chegou a mais de 300. Na quinta-feira (20) estava vendendo a 238 ienes.

Esse mesmo preço custa ¼ da acelga e é a primeira vez que essa verdura chega a custar tanto. Outra cujo preço está nas alturas é o repolho.

O mais assustador para quem vende e compra é a melancia. Este ano o consumidor chega a pagar 580 ienes por um pedaço. As chuvas intensas são a causa, pois destruíram essa fruta representante do verão bem na época da colheita.

Em relação às hortaliças as chuvas durante a estação úmida danificaram parte da produção. E, em seguida veio o calor com altas temperaturas, causando mais danos nas produções. Portanto, as condições climáticas são os fatores que fizeram os preços subir.

Segundo levantamento do ministério uma parte dos vegetais está com tendência de normalização dos preços, enquanto outra parte só em meados do próximo mês.

Fonte: ANN


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão