Governo japonês eleva avaliação econômica em junho

Publicado em 19 de junho de 2020, em Economia

O governo eleva panorama pela primeira vez desde 2018 em relatório de avaliação em junho.

Neste Artigo:
&nbspGoverno japonês eleva avaliação econômica em junho
Notas de ienes (PM)

A nova avaliação econômica do governo japonês tem bom ânimo a partir de sinais de melhora nos gastos do consumidor e sentimento de negócios após a suspensão em fases de um estado de emergência no fim de maio.

Publicidade

O governo japonês elevou sua avaliação econômica em junho pela primeira vez desde 2018, visto que uma deterioração aguda causada pelo surto do novo coronavírus havia quase chegado ao fim.

Embora a economia tenha se mantido em uma “situação extremamente severa” devido à pandemia de coronavírus, ela havia “quase parado de piorar”, de acordo com o relatório de junho.

O Japão deve sofrer sua pior queda pós-guerra neste trimestre, mas a nova avaliação do governo tirou ânimo de sinais de melhoria nos gastos do consumidor e sentimento de negócios após a suspensão em fases de um estado de emergência no fim de maio.

O primeiro-ministro Shinzo Abe declarou a emergência em abril e pediu às pessoas que ficassem em casa e que negócios fechassem para prevenir a propagação do vírus.

“A economia ainda está em uma tendência levemente decrescente, mas a deterioração aguda acabou”, disse um oficial do Escritório do Gabinete, acrescentando que qualquer aceleração na economia dependeria de como os empregos e salários evoluem.

O governo melhorou sua perspectiva sobre gastos do consumidor pela primeira vez desde janeiro de 2018, citando sinais de melhoria visto que varejistas e restaurantes reabriram suas portas.

E o governo também elevou sua avaliação sobre sentimento de negócios pela primeira vez desde abril de 2017, dizendo que estava mostrando sinais de aceleração também, após um índex de sentimento do setor de serviços ter aumentado pela primeira vez em maio.

Contudo, como a demanda externa continuou limitada, o governo manteve suas perspectivas sobre exportações, dizendo que elas estavam “caindo rapidamente” e a produção em fábricas também estava diminuindo.

Fonte: Asia Nikkei


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão