Retirada do plano de frete gratuito da Rakuten para compra acima de ¥3.980

Publicado em 6 de março de 2020, em Economia

O grupo de lojistas contra chamado de Rakuten Union tem um adversário, a Associação dos Amigos Rakuten, a favor do frete gratuito. Veja como fica.

Neste Artigo:
&nbspRetirada do plano de frete gratuito da Rakuten para compra acima de ¥3.980
Placa da matriz da Rakuten (NHK)

A Rakuten Ichiba, gigante das vendas a varejo online, informou que o plano de remessa gratuita para compras acima de ¥3.980 que começaria com todos os lojistas em 18 deste mês foi retirado. 

Publicidade

Mas não totalmente. Informou na sexta-feira (6) que as lojas que puderem começar podem fazê-lo.

Essa é uma grande mudança para a empresa, a qual informou que foi por causa da disseminação do novo coronavírus.

A empresa fornecerá medidas para apoiar as lojas no caso de queda nos lucros devido ao sistema de frete gratuito. Também possibilitará aos usuários e clientes saber se a loja onde está interessado em fazer a compra participa ou não do frete gratuito.

Caso foi parar no tribunal 

Baseada na lei antitruste a Comissão de Comércio Justo colocou a Rakuten Ichiba no tribunal. A empresa declarou que vai tratar do processo com sinceridade, mas não vê ilegalidade nesse sistema.

Isso foi levantado por um grupo de lojistas contra esse tipo de serviço chamado de Rakuten Union. Esses lojistas se opuseram fortemente ao aumento dos custos de envio da mercadoria e anexaram um abaixo assinado solicitando uma investigação à Comissão de Comércio Justo em janeiro deste ano.

Por outro lado, apoio

Mas um outro grupo – Associação dos Lojistas Amigos da Rakuten – é a favor do frete gratuito para esse valor de compra. 

No entanto, esse presidente esteve em reunião com o CEO da Rakuten para explicar a situação atual, de falta de mão de obra por causa do novo coronavírus.

Por isso, embora seja favorável, pediu para esperar um pouco mais, além de 18 deste mês, porque as empresas de logísticas estão amargando esse problema de falta de pessoal.

Pelo visto essa situação ainda vai ter desdobramento. O consumidor precisa ficar atento.

Fontes: NHK e NNN


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão