Nissan amarga prejuízo enquanto Carlos Ghosn poderá ter sua vida no cinema

Publicado em 14 de fevereiro de 2020, em Economia

Depois de 11 anos é a primeira vez que a Nissan fecha o período de outubro a dezembro em vermelho. Por outro lado, a vida de Ghosn em filme repercute no Japão.

Neste Artigo:
&nbspNissan amarga prejuízo enquanto Carlos Ghosn poderá ter sua vida no cinema
Volante do carro da Nissan (Pixabay) e Carlos Ghosn (Wikipedia)

Após a fuga cinematográfica do ex-diretor da Nissan Carlos Ghosn e réu na Justiça japonesa, na virada do ano passado, sua vida poderá se transformar em drama de Hollywood, noticiou a Bloomberg na semana anterior. 

Publicidade

O porta-voz de Ghosn informou que está em negociação com o famoso Michael Ovitz, fundador da Creative Artists Agency (CAA) e também já foi presidente da Walt Disney. 

Se a negociação avançar Ghosn terá parte de sua trajetória retratada em filme e série para tevê. Essa notícia logo repercutiu no Japão, em comentários nas redes sociais, negativamente.

“O filme deverá ser produzido a partir do ponto de vista dele, por isso, não tenho a menor vontade de assistir”, escreveu um. 

Um artista famoso escreveu “O Japão não deve deixar isso acontecer. Eu acho que definitivamente será um filme vergonhoso para o país.”.

Nissan no vermelho e processo contra Ghosn

Em meio a essa repercussão negativa a Nissan Motor entrou com uma ação judicial contra Ghosn no Tribunal de Yokohama, pedindo indenização de 10 bilhões de ienes, no dia 12. É um valor para recuperar a perda de fundos da empresa para fins particulares. Mas, se o Japão e Líbano – para onde fugiu – não têm tratado de extradição o julgamento não ocorrerá. 

Na quinta-feira (13) essa montadora que Ghosn tirou da falência e a tornou uma das 5 maiores do mundo informou que fechou o balanço de outubro a dezembro em vermelho, depois de 11 anos. 

E ainda tem outro agravante, o da pneumonia na China, o maior mercado da Nissan. Por isso, o presidente Makoto Uchida declarou “levará mais um pouco de tempo para a melhoria”.

Uchida se concentra em restaurar seu relacionamento com a Renault na França,  a qual piorou após a prisão de Ghosn. Também se empenha na reestruturação considerando reduzir o volume de vendas.

Fontes: Bloomberg, NHK, Sankei e Jisin


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão