Arrecadação de imposto no Japão bate recorde histórico

Publicado em 27 de junho de 2019, em Economia

Arrecadação de impostos ultrapassa pela primeira vez os índices da bolha financeira e mobiliária e bate maior número após 28 anos.

Neste Artigo:
&nbspArrecadação de imposto no Japão bate recorde histórico
Arrecadação de impostos no Japão bate ¥60.4 trilhões.

Segundo o Ministério das Finanças (MOF), a arrecadação de imposto calculada pela estimativa geral (ippan kaikei) do ano fiscal de 2018 foi de ¥60,4 trilhões. Este será o maior índice em 28 anos, ultrapassando o recorde de 1990, depois da bolha financeira e imobiliária. O MOF fará o anúncio oficial no início de julho.

Publicidade

Em dezembro do ano passado, o MOF havia previsto ¥59.9 trilhões em arrecadação para o ano fiscal de 2018. Contudo, as novas previsões indicam que o número pode ser ainda maior, ultrapassando os ¥60.1 trilhões arrecadados em 1990.

Devido ao aumento do rendimento de dividendos das ações e estabilidade financeira mundial, o imposto de renda, que preenche a maior porcentagem da arrecadação de imposto, teve uma elevação prevista em ¥400 bilhões e pode chegar a níveis superiores aos ¥19.5 trilhões previstos após a correção.

&nbspArrecadação de imposto no Japão bate recorde histórico
Gráfico mostra a arrecadação de impostos desde 1989. A maior arrecadação havia acontecido em 1990, na época da bolha financeira e mobiliária do Japão. (Imagem: Asahi)

Entretanto, o imposto empresarial ficou abaixo do esperado. Segundo o jornal Asahi, isso foi ocasionado pelas dificuldades na indústria manufatureira após o impacto da guerra comercial entre EUA e China.

O governo espera que as estimativas para o ano fiscal de 2019 ultrapassem a arrecadação de 2018 devido ao aumento do imposto sobre o consumo para 10% em outubro. As previsões para 2019 indicam arrecadação de ¥62.5 trilhões. Contudo, há a possibilidade da arrecadação ficar abaixo do esperado dependendo da situação financeira mundial.

Em meio ao aumento da intransparência da economia nacional, o primeiro-ministro Shinzo Abe enfatiza: “Vamos efetuar medidas dinâmicas e adequadas sem hesitação contra o risco de desaceleração econômica” em discurso feito em 26 de junho.

Fonte: Asahi Shimbum


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Kumon - Estude japonês!