Gifu: prevenção à Covid-19 em cooperação entre pastores e residentes estrangeiros

Publicado em 6 de maio de 2021, em Comunidade

Na quarta onda de infecção pelo novo coronavírus, os casos de contágio entre os residentes estrangeiros estão aumentando em Gifu.

Neste Artigo:
&nbspGifu: prevenção à Covid-19 em cooperação entre pastores e residentes estrangeiros
SARS-CoV-2 (Wikimedia)

Tanto o governo da província de Gifu quanto as prefeituras estão mais vigilantes em relação à disseminação da infecção pelo novo coronavírus.

Publicidade

Até quarta-feira (5) a soma cumulativa na província é de 6.079 pessoas infectadas. No dia 1.º de maio o número de testados positivo chegou a 95, com queda nos dias subsequentes, sendo que na quarta-feira foram 63 novos casos. 

Na cidade de Minokamo, a qual tem quase 10% da população de residentes estrangeiros, pessoas como os pastores, que inspiram confiança, estão cooperando para as medidas para impedir a disseminação da infecção. 

No domingo (2), foi realizado um culto em uma igreja cristã de Fukada, na cidade. Aproximadamente 50 pessoas, principalmente brasileiros, compareceram, com os cuidados como manter o uso da máscara durante o culto e o distanciamento entre as demais pessoas durante o culto. 

A igreja tomou várias medidas preventivas. O coral, que contava com cerca de 10 pessoas, com bateria e teclado, foi reduzido para 5. Além disso, a cantora se apresentou sozinha, com máscara.

Os fiéis não cantaram juntos, apenas manifestaram o ritmo com o corpo e palmas. O jantar após o culto foi cancelado a partir de abril, sendo oferecidos alimentos em embalagens para levar para casa.   

67% das pessoas infectadas em Minokamo são estrangeiras

&nbspGifu: prevenção à Covid-19 em cooperação entre pastores e residentes estrangeiros
Culto em uma igreja de Minokamo, com distanciamento social e uso de máscara (Gifu Shimbun)

Uma brasileira de Kani, 24 anos, disse “levou tempo para nos acostumarmos a não tocar no outro quando cumprimentamos”. 

De acordo com informações da cidade de Minokamo, 54 pessoas testaram positivo na cidade, de 1.º de março a 22 de abril. Destes, 36 são residentes estrangeiros, representando 67%.

Superou em muito a proporção de 27% na província.

Cerca de 90% da rota da infecção dos estrangeiros foi nos grupos da família, trabalho e igreja.

Com base nos resultados da análise, a cidade realizou uma reunião de contramedidas no mês passado, reunindo pastores das igrejas frequentadas pelos brasileiros e filipinos. O sexto vídeo para chamar a atenção para os cuidados foi produzido em quatro idiomas, como português e tagalog, para publicação nas redes sociais.

O pastor Davi Gonzales, 39, criou um grupo em uma das redes sociais, convidando membros de outras 9 igrejas, para compartilhar as informações do governo e também os esforços individuais, com a finalidade de reduzir essa diferença da proporção da infecção entre os estrangeiros. 

Fontes: Gifu Shimbun e News Digest


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão