Trabalhadores brasileiros cortados pelo ‘corona’ recorrem ao tribunal

Publicado em 25 de novembro de 2020, em Comunidade

Sentindo-se injustiçados por terem o contrato interrompido querem manter o emprego em uma indústria de Nishio.

Neste Artigo:
&nbspTrabalhadores brasileiros cortados pelo ‘corona’ recorrem ao tribunal
Estátua da deusa da justiça (S. Hermann & F. Richter por Pixabay)

Na terça-feira (24), 5 brasileiros, de ambos os sexos, entraram com uma solicitação para manter o emprego e pagamento do salário, no Tribunal Distrital de Nagoia, sucursal de Okazaki. Sendo aprovada inicia-se o processo.

Publicidade

Eles foram informados da interrupção do contrato de trabalho, em abril, na indústria de autopeças na indústria Hekikai, com sede em Nishio (Aichi). A empresa alegou que foi pela queda de produção por causa da disseminação do novo coronavírus.

São trabalhadores com contrato de tempo determinado. Mas, através do sindicato Nagoya Fureai Union, o qual entrou em negociação com a indústria, continuaram trabalhando até setembro, mas no fim do mês foram desligados.

“Por que só com brasileiros? Os trabalhadores estrangeiros são seres humanos iguais. Quero tratamento igual”, disse um deles. 

Fonte: Mainichi


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão