Mais contidos, menos lazer neste verão com coronavírus

Publicado em 29 de julho de 2020, em Comportamento

Sob o tema ‘verão em tempo de coronavírus’ foi realizada uma pesquisa no Japão sobre expectativas de lazer no verão e como foi o consumo na quarentena.

Neste Artigo:
&nbspMais contidos, menos lazer neste verão com coronavírus
Churrasco em casa (Wikimedia)

A empresa Neo Marketing realizou uma pesquisa de comportamento no começo de julho e recebeu respostas de mil pessoas, com idade acima dos 20 anos, com o tema verão em tempo de coronavírus.

Publicidade

Em relação ao período de isolamento social, entre abril a junho, a empresa quis avaliar como mudaram os hábitos de consumo, tendo como referência o mês de março.

Como as pessoas passaram muito mais tempo dentro de casa os consumidores apontaram que os gastos foram mais elevados, ficando em primeiro lugar as despesas com energia elétrica e gás. Nesse aspecto 38% dos entrevistados apontaram que aumentou ou aumentou muito. Em segundo lugar foi em relação à alimentação, apontada por 36%. Outra parcela de 33% disse que gastou mais água e 18% gastaram mais com comunicação e internet.

Por outro lado, houve queda de consumo. As respostas são soma de reduzi muito e houve redução. A queda média foi de 52% por deixar de comer fora, 47% de entretenimento, 44% de transporte e 39% com cabeleireiro e roupas. 

Queda drástica no lazer de verão

Para avaliar o que querem fazer com a família ou amigos no verão, a empresa listou uma série de atividades, de múltipla escolha. 

Uma pequena parcela (14%) respondeu que quer fazer uma viagem de 1 dia dentro do Japão. E praticamente o mesmo percentual de pessoas (15%), disse que quer com hospedagem. Esses percentuais caíram drasticamente em relação ao ano passado, em mais de 50%.

&nbspMais contidos, menos lazer neste verão com coronavírus
Criança com boia no mar (Libreshot)

Não poderia faltar o churrasco em camping com 8%, também com notável queda brusca pois no ano anterior era o terceiro no ranking. O jeito é fazer churrasco em casa.

Segundo a empresa que fez a pesquisa 64% responderam que não têm nenhuma opção que seja compatível, bem diferente do ano passado, com mais de 200% de aumento. 

Ou seja, outras atividades de lazer como assistir espetáculo de fogos de artifício (hanabi), se divertir nos festivais, visitar parques temáticos, ir a shows, piscinas e outros, devem ter sido analisados como não convenientes este ano, com a pandemia. 

Não é uma questão de que porque gastou menos com algumas coisas irá compensar no lazer fora de casa. O novo coronavírus mudou o comportamento dos consumidores.

Fonte: divulgação


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão