Comportamento: jogadores uruguaios quebram clube enquanto canadenses ajudam vítimas

Publicado em 17 de outubro de 2019, em Comportamento

Jogadores das duas seleções de rugby tiveram comportamentos bem diferentes. Uruguaios destroem clube e agridem enquanto canadenses ajudaram o povo local.

Neste Artigo:
&nbspComportamento: jogadores uruguaios quebram clube enquanto canadenses ajudam vítimas
À esq. jogadores uruguaios e à dir. canadenses ajudando a retirar lama e detritos em Iwate (FNN e NHK)

No final da Copa do Mundo de Rugby no Japão duas ocorrências chamaram à atenção do público em relação ao comportamento dos jogadores das seleções.

Publicidade

Segundo a Delegacia Central de Kumamoto (província homônima), na madrugada de 14, por volta de 1h, depois da partida da seleção uruguaia na cidade, a comitiva e imprensa foram a um clube noturno. Além de agressões físicas, esparramaram bebidas alcoólicas e ainda causaram danos materiais no estabelecimento.

&nbspComportamento: jogadores uruguaios quebram clube enquanto canadenses ajudam vítimas
Imagem da câmera de segurança registra equipe uruguaia que aprontou no clube (FNN)

Segundo testemunhas entraram gritando e ordenando para tocar música do Uruguai. Um funcionário que tentou acalmar os ânimos foi agredido por um dos jogadores. Não satisfeitos, 2 deles quebraram os equipamentos do DJ, avaliados em 1 milhão de ienes. Um outro pegou o extintor de incêndio da entrada e acionou.

Na ocasião havia cerca de 200 clientes se divertindo e 7 funcionários. Dois dos funcionários, de ambos os sexos, tiveram que ser socorridos com ferimentos, por terem sido agredidos como se o jogador estivesse em combate.

Os dois jogadores foram ouvidos pela polícia, mas embarcaram no dia seguinte.

Uma parte da comissão organizadora da Copa do Mundo esteve no estabelecimento para apresentar pedido de desculpas. 

Seleção do Canadá faz atividades voluntárias em Iwate

&nbspComportamento: jogadores uruguaios quebram clube enquanto canadenses ajudam vítimas
Jogadores foram ajudar as pessoas espontaneamente (ANN e NHK)

Por causa do tufão Hagibis a partida entre as seleções do Canadá e Namíbia foi cancelada no dia 13. 

A equipe de 17 pessoas, técnico e jogadores, que estava na cidade de Kamaishi (Iwate) desde o dia 10, decidiu ajudar voluntariamente na remoção dos detritos do deslizamento ocorrido pela chuva por causa do tufão, já que não puderam ir para o estádio.

Todos ajudaram a limpar as áreas com pás e rodinhos. “Pudemos passar um tempo maravilhoso, tocados pela amorosidade de Kamaishi. Gostaríamos de agradecer por esta experiência maravilhosa no Japão”, declarou o capitão do time. 

E durante seu tempo de espera no aeroporto de Narita, antes do embarque, ele escreveu em sua conta no Twitter que se sente agradecido ao povo japonês e tem orgulho de ser canadense por terem conseguido fazer diferença, embora não tenham alcançado a missão na Copa.

Essas foram duas ações completamente diferentes de 2 seleções da mesma Copa do Mundo de Rugby. Embora as duas sejam registradas como fatos a que ficou marcada no coração das pessoas foi a do espírito voluntário, amplamente divulgada no Japão e nas redes sociais, inclusive pelas pessoas que não são da província.

Fontes: NHK, FNN, Asahi e Fundo


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Easy Car Ride, carros e financiamentos
UNIP - Faculdade a distância no Japão