Cidade de Kawasaki punirá discursos de ódio

Publicado em 26 de junho de 2019, em Comportamento

Segundo a cidade, essa é a primeira vez que um município impõe uma punição criminal para discursos de ódio.

Neste Artigo:

&nbspCidade de Kawasaki punirá discursos de ódio

Publicidade

Em 24 de junho, a cidade de Kawasaki apresentou uma proposta de lei à Câmara Municipal para punir discursos de ódio. Os regulamentos incluem punição criminal a pessoas que espalharem discursos de ódio com o intuito de expulsar e humilhar determinadas etnias e raças. A multa será de até ¥500 mil.

Segundo a cidade, essa é a primeira vez que um município impõe uma punição criminal para discursos de ódio.

O nome provisório da proposta é “Sabetsu no nai Jinken Soncho no Machi Zukuri Jorei” (差別のない人権尊重のまちづくり条例). Em tradução livre, seria “Regulamentos para construir uma cidade que respeita os direitos humanos sem discriminação”.

Segundo a proposta de lei, será proibido fazer discursos de ódio em locais públicos da cidade. Caso haja violação da lei, serão aplicadas as seguintes medidas:

  1. Advertência do prefeito para parar a violação
  2. Ordem para impedir os discursos se a pessoa ou grupo realizar pela segunda vez
  3. Publicação das informações da pessoa ou grupo que violarem a lei pela terceira vez. Neste caso, a própria cidade irá processar os autores no lugar da pessoa e entregará a acusação para a polícia ou para o Gabinete Nacional de Procuradores (Kensatsu-cho)

A decisão de aplicar ou não a multa seria julgado pelo tribunal durante o processo judicial. “Teremos de levar em conta a ‘liberdade de expressão’ prevista pela constituição. Não se deve deixar o governo decidir se é discurso de ódio ou não arbitrariamente”, explica a cidade.

Antes de o prefeito enviar a advertência ou ordem, será ouvido o “Comitê de Julgamento de Medidas Contra a Discriminação”, composto por especialistas. O comitê fornecerá a oportunidade de ouvir a opinião dos infratores através dos documentos.

Os discursos de ódio vêm se intensificando em Okubo (Tóquio) e Tsuruhashi (Osaka) desde 2013.

Na cidade de Kawasaki, houve muitas manifestações nos parques do município. Em 2016, foi instaurada a lei contra discursos de ódio, mas não foram previstas penalidades.

Em 2018, Kawasaki foi a primeira cidade japonesa que compilou diretrizes para desencorajar o uso de instalações públicas e parques com risco de discurso de ódio.

Desde a compilação das diretrizes, não houve discursos de ódio na cidade. Contudo, segundo os membros de alto escalão do município, “ainda havia o risco de acontecer discursos de ódio. Para impedi-los, serão necessários regulamentos com penalidades.”

Neste verão, a cidade comentará publicamente sobre o projeto de lei. Prevê-se que as regulações serão entregues no comitê de dezembro. Segundo especialistas, a lei será oficializada em julho de 2020.

Fonte: Asahi Shimbum


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
UNIP Faculdade à distância
Kumon - Estude japonês!