Economia do Japão está se recuperando mas de olho em Donald Trump

Publicado em 2 de fevereiro de 2017, em Notícias do Japão

Economia do Japão está se recuperando, liderada por exportações de carros e peças eletrônicas, mas as políticas de Trump preocupam. Veja mais.

Neste Artigo:
&nbspEconomia do Japão está se recuperando mas de olho em Donald Trump
Imagem ilustrativa

É provável que a economia japonesa cresça a um ritmo moderado, de cerca de 1% ao longo do ano fiscal de 2017, liderada por exportações vigorosas de carros e peças eletrônicas, enquanto a economia global continua se recuperando.

Publicidade

Onze institutos de pesquisa privada ofereceram projeções com base em indicadores econômicos para dezembro de 2016. O real produto interno bruto do Japão (PIB) para o período de outubro a dezembro, que será divulgado pelo Escritório do Gabinete no dia 13 de fevereiro, provavelmente mostrará um aumento anualizado de 1% pelo quarto ano consecutivo de crescimento. Graças a uma recuperação global da demanda por tecnologia da informação, as exportações de peças eletrônicas, como aquelas para smartphones, poderão aumentar.

A previsão é de que a produção industrial aumente 3% no mês em janeiro e 0.8% em fevereiro, de acordo com um índice sobre projeções de produção do Ministério do Comércio do Japão. Auxiliado por exportações sólidas, o crescimento do PIB real provavelmente ficará entre 1% e 1.5% na primeira metade de 2017, acima do índice de crescimento potencial de cerca de 0.8%.

Ainda falta força na demanda doméstica, mas há sinais de melhoria. Os gastos dos consumidores no Japão caíram em dezembro pelo 10º mês consecutivo.

O índice de desemprego e a proporção de oferta de trabalho e candidato atingiram níveis vistos pela última vez no final da bolha econômica do Japão, em 1991, e o aumento no número de funcionário que trabalham a tempo integral ultrapassou o crescimento de trabalhadores não permanentes.

A economia do Japão pode ser influenciada pelas políticas da administração de Trump

Contudo, a economia pode ser influenciada pelas políticas da administração de Trump. Por um lado, é provável que a redução de impostos e investimento em infraestrutura prometidos pelo presidente durante a campanha eleitoral impulsionem a economia americana a curto prazo, beneficiando por sua vez a economia global e o Japão.

Mas, por outro lado, o governo dos Estados Unidos se comprometeu a colocar a “América em primeiro lugar”, interferindo mais em empresas individuais como as montadoras. Se o comércio entre a China e o México estagnar, isso pode reduzir indiretamente as exportações japonesas para as nações emergentes, cita o Nikkei.

Se o protecionismo também se espalhar pela Europa, o comércio global poderia ir ao declínio. “Enquanto esperamos uma recuperação constante da economia global, incertezas extremas persistem,” disse Yoshiki Shinke, economista do Instituto de Pesquisa Dai-Ichi Life.

Fonte: Nikkei
Imagem: Bank Image


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão