Variante Delta da Covid-19 se espalha rapidamente e é detectada em 74 países

Publicado em 15 de junho de 2021, em Notícias do Mundo

Preocupações com o impacto em países mais pobres, enquanto governos de nações mais ricas tentam diferentes medidas de contenção.

Neste Artigo:
&nbspVariante Delta da Covid-19 se espalha rapidamente e é detectada em 74 países
Coronavírus em 3D (ilustrativa/banco de imagens)

A variante Delta da Covid-19, identificada pela primeira vez na Índia, foi detectada em 74 países e continua a se espalhar rapidamente em meio a temores de que ela se torne a cepa dominante no mundo.

Publicidade

Surtos da variante Delta foram confirmados na China, EUA, África, Escandinávia e países na Bacia do Pacífico. Cientistas relatam que ela parece ser mais transmissível, assim como pode causar doença mais grave.

Nos EUA, de acordo com o ex-comissário da Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA), Scott Gottlieb, casos da variante Delta estão dobrando a cada duas semanas e contam por 10% de todos os novos casos, enquanto que no Reino Unido ela conta por mais de 90% das novas ocorrências.

Enquanto autoridades da saúde em todo o mundo estão coletando e compartilhando dados sobre a propagação da nova variante, o medo é que em países no mundo em desenvolvimento com sistemas de monitoramente menos robustos, a variante Delta já pode ter se espalhado muito mais do que o reportado.

Asjish Jha, reitor da escola de saúde pública da Universidade de Brown nos EUA, na semana passada, chamou a Delta de “variante mais contagiosa que vimos até agora”.

A Organização Mundial da Saúde – OMS designou a Delta como uma variante de interesse em abril e uma variante de preocupação em 11 de maio. Ela parece causar sintomas mais severos, de acordo com evidência vista na Índia e em outros lugares, incluindo dor no estômago, náusea, vômito, diarreia, perda de apetite, perda da audição e dores nas juntas.

A evidência de Guangzhou na China, em particular, tem sido preocupante. Lá, autoridades da saúde reportaram que 12% dos pacientes ficaram gravemente doentes dentro de 3 a 4 dias do início dos sintomas – aumento de até 4 vezes em relação a surtos anteriores – e indivíduos doentes infectando mais pessoas.

Fonte: The Guardian


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
EASY CAR RIDE