Manter poltronas do meio vazias reduz risco do vírus no avião

Publicado em 16 de abril de 2021, em Notícias do Mundo

Um novo estudo diz que deixar as poltronas do meio vazias poderia reduzir o risco de passageiros contraírem o vírus que causa a Covid-19.

Neste Artigo:
&nbspManter poltronas do meio vazias reduz risco do vírus no avião
Comissárias verificando as poltronas em avião (ilustrativa/banco de imagens)

Um novo estudo diz que poltronas do meio em aviões mantidas vazias poderia oferecer aos passageiros mais proteção do vírus que causa a Covid-19.

Publicidade

Segundo pesquisadores, o risco de passageiros sendo expostos ao vírus de uma pessoa infectada no avião poderia ser reduzido em 23% a 57% se os assentos do meio estão vazios, comparado com um voo cheio.

O estudo divulgado na quarta-feira (14) apóia a resposta de companhias aéreas que limitaram assentos no início da pandemia. Contudo, aéreas dos EUA, com exceção da Delta, agora estão vendendo todos os lugares que elas podem. A Delta vai parar de bloquear as poltronas do meio em 1º de maio.

As companhias aéreas argumentam que filtros e sistemas de fluxo de ar na maioria dos aviões os tornam seguros quando passageiros usam máscaras, visto que eles agora são obrigados a fazer isso pelo regulamento federal.

Pesquisadores no Centro de Prevenção e Controle de Doenças (CDC) dos EUA e a Universidade do Kansas estimaram o quão longe partículas do vírus suspensas no ar viajam dentro de um avião. Eles usaram manequins que emitiam aerossóis para medir o fluxo de partículas do vírus através de modelos de cabines de avião.

O estudo, entretanto, não levou em conta o uso de máscaras porque ele foi baseado em um anterior feito em 2017, antes da pandemia, nem considerou se passageiros estão vacinados contra a Covid-19.

O CDC diz que pessoas vacinadas podem viajar a baixo risco, embora a agência ainda recomende evitar jornadas não essenciais.

A Airlines for America, um grupo comercial para as maiores aéreas dos EUA, disse que companhias realizam várias medidas para prevenir a propagação do vírus em aviões, incluindo uso de máscara, perguntar aos passageiros sobre suas condições de saúde e limpeza profunda das cabines.

O grupo citou um relatório da Universidade de Harvard fundado pela indústria de companhias aéreas mostrando que o risco de transmitir coronavírus em aviões é muito baixo.

Fonte: NYT


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
EASY CAR RIDE