Japão eleva meta de redução de emissões de dióxido de carbono

Publicado em 23 de abril de 2021, em Notícias do Mundo

O primeiro-ministro Yoshihide Suga disse que o Japão visaria 46% de corte até 2030 e buscaria maneiras de ir além.

Neste Artigo:
&nbspJapão eleva meta de redução de emissões de dióxido de carbono
O primeiro-ministro Yoshihide Suga disse que o Japão visaria 46% de corte até 2030 (banco de imagens)

O Japão, na quinta-feira (22), elevou sua meta de redução de dióxido de carbono, respondendo à pressão dos EUA e de algumas de suas próprias companhias em um momento quando líderes mundiais se encontram para uma cúpula do clima recepcionada pelo presidente americano Joe Biden.

Publicidade

O primeiro-ministro Yoshihide Suga disse que o Japão visaria 46% de corte até 2030 e buscaria maneiras de ir além. Sua meta anterior era uma redução de 26% dos níveis de 2013, um objetivo que ativistas rotularam como tímido.

Outros países também anunciaram ações mais fortes na cúpula virtual, com o Reino Unido prometendo uma redução de 78% até 2035.

O Japão, o quinto maior emissor de dióxido de carbono do mundo, tem estado sob pressão por parte da administração de Biden para estabelecer uma meta de corte de 50%, de acordo com fontes familiares às discussões realizadas antes e durante a visita de Suga a Washington na semana passada.

Suga disse que atingir a nova meta não seria fácil, mas que ele instruiria ministros para acelerar planos. “Continuaremos trabalhando para um corte ainda maior do que 50%”, acrescentou.

Fonte: Japan Today


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
EASY CAR RIDE