Violência contra asiáticos aumenta no mundo

Publicado em 23 de março de 2021, em Notícias do Mundo

As Nações Unidas não especificam quaisquer países, mas isso ocorre após um tiroteio nos EUA que deixou 8 pessoas mortas, sendo 6 asiáticas.

Neste Artigo:
&nbspViolência contra asiáticos aumenta no mundo
Chinatown em São Francisco, Califórnia (banco de imagens)

O secretário-geral das Nações Unidas Antônio Guterres está preocupado com o aumento da violência contra asiáticos e pessoas de descendência asiática no mundo durante a pandemia de Covid-19, disse um porta-voz na segunda-feira (22).

Publicidade

Enquanto a declaração das Nações Unidas não especifique quaisquer países, isso ocorre após um tiroteio em Atlanta, nos EUA, no início deste mês que deixou 8 pessoas mortas, sendo que 6 delas eram mulheres asiáticas.

O tiroteio gerou medo entre a comunidade asiática, a qual reportou um aumento de crimes de ódio desde março de 2020 quando o então presidente Donald Trump começou a se referir à Covid-19 como “vírus da China”.

“O mundo tem testemunhado ataques terríveis, assédio verbal e físico, bullying nas escolas, discriminação no local de trabalho, incitação ao ódio na mídia social e linguagem ofensiva por aqueles em posições de poder”, disse o porta-voz das Nações Unidas, Farhan Haq.

“Em alguns países, mulheres asiáticas vêm sendo alvos específicos para ataque, acrescentando misoginia à mistura tóxica de ódio”, disse ele.

“Queremos que tal violência acabe”, acrescentou Haq.

“O secretário-geral manifestou seu apoio total às vítimas e famílias, e está solidário com todos aqueles que enfrentam racismo e outras agressões sobre seus direitos humanos”, disse Haq.

Fonte: Channel News Asia


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão