Vacinas da Pfizer e Moderna são altamente eficazes mesmo após 1ª dose

Publicado em 30 de março de 2021, em Notícias do Mundo

Ambas as vacinas reduziram o risco de infecção em 80% duas semanas ou mais após a primeira de 2 doses.

Neste Artigo:
&nbspVacinas da Pfizer e Moderna são altamente eficazes mesmo após 1ª dose
Estudo mostra que vacinas da Pfizer e Moderna são eficazes mesmo após a 1ª dose (banco de imagens)

As vacinas contra Covid-19 desenvolvidas pela Pfizer e Moderna reduziram o risco de infecção em 80% duas semanas ou mais após a 1ª de duas doses, de acordo com dados de um estudo de mundo real de profissionais da saúde e socorristas vacinados nos EUA divulgados na segunda-feira (29).

Publicidade

O risco de infecção caiu 90% em duas semana após a 2ª dose, descobriu o estudo realizado com menos de 4 mil pessoas.

O estudo feito pelo Centro de Prevenção e Controle de Doenças (CDC) dos EUA avaliou a habilidade da vacina em proteger contra infecção, incluindo aquelas que não causam sintomas. Ensaios clínicos anteriores feitos pelas companhias avaliaram a eficácia das vacinas em prevenir doença da Covid-19.

“Esse estudo mostra que nossos esforços de vacinação estão funcionando”, disse a diretora do CDC Rochelle Walensky em uma declaração.

O estudo observou a eficácia de vacina de RNA mensageiro entre 3.950 participantes em seis estados ao longo de um período de 13 semanas, de 14 de dezembro de 2020 a 13 de março de 2021.

Esses grupos estavam entre os primeiros a serem vacinados, junto com os idosos vulneráveis, devido aos seus riscos de exposição ao vírus.

Os participantes foram submetidos a testes para Covid-19 semanalmente e entrevistados para relatórios  de sintomas. Os pesquisadores compararam a frequência de infecções por Covid-19 antes e depois das vacinações para estimar o quão eficazes as doses eram em prevenir a propagação da Sars-CoV-2, independentemente se as pessoas se sentiam doentes ou não.

A nova tecnologia de RNA mensageiro é uma forma sintética de um mensageiro químico natural sendo usado para instruir células a criarem proteínas que refletem parte do coronavírus. Isso ensina o sistema imune a reconhecer e atacar o vírus real.

Fonte: Straits Times


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão