Coronavírus: variante ‘dupla mutante’ é detectada na Índia

Publicado em 25 de março de 2021, em Notícias do Mundo

Autoridades estão verificando se a nova variante, onde 2 mutações se juntam no mesmo vírus, pode ser mais infecciosa.

Neste Artigo:
&nbspCoronavírus: variante ‘dupla mutante’ é detectada na Índia
Variante de coronavírus (ilustrativa/banco de imagens)

Uma nova variante “dupla mutante” do coronavírus foi detectada a partir de amostras coletadas na Índia.

Publicidade

Autoridades estão verificando se a variante, onde duas mutações se juntam no mesmo vírus, pode ser mais infecciosa ou menos afetada por vacinas.

Cerca de 10.787 amostras de 18 estados indianos também mostraram até 771 casos de variantes conhecidas – 736 do Reino Unido, 34 da África do Sul e 1 do Brasil.

Autoridades também disseram que as variantes não estão ligadas a um aumento de casos de Índia.

A Índia reportou 47.262 casos e 275 mortes na quarta-feira (24) por coronavírus – o maior aumento diário neste ano.

O Consórcio Genômico Indiano SARS-CoV-2 (INSACOG), um grupo de 10 laboratórios nacionais sob comando do ministério da saúde da Índia, realizou sequenciamento genético nas amostras mais recentes.

O sequenciamento genético é um processo de teste para mapear o código genético inteiro de um organismo – neste caso o vírus.

O código genético do vírus funciona como seu manual de instrução. Mutações em vírus são comuns, mas a maioria delas são insignificantes e não causam qualquer mudança em sua habilidade de transmitir ou causar infecção grave.

Entretanto, algumas mutações, como aquelas no Reino Unido e África do Sul, podem tornar o vírus mais infeccioso e em alguns casos até fatal.

O virologista Shahid Jameel explicou que “uma dupla mutação em áreas principais da proteína Spike do vírus pode aumentar esses riscos e permitir que o vírus escape do sistema imune”.

A proteína Spike é a parte do vírus que ela usa para penetrar células humanas.

O governo disse que uma análise das amostras coletadas do estado de Maharashtra, no oeste da Índia, mostraram “um aumento na fração de amostras com as mutações E484Q e L452R” comparado a dezembro do ano passado.

“Tais mutações (duplas) conferem evasão do sistema imune e infecciosidade aumentada”, disse o ministério da saúde em uma declaração.

Fonte: BBC


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão