OMS planeja aprovações de vacinas contra Covid-19 para implantação global

Publicado em 21 de janeiro de 2021, em Notícias do Mundo

Projeto visa nações pobres e busca ajuda da China e de farmacêuticas ocidentais.

Neste Artigo:
&nbspOMS planeja aprovações de vacinas contra Covid-19 para implantação global
Assim como vacinas, reguladoras geralmente autorizam seus processos de fabricação em plantas diferentes (banco de imagens)

A Organização Mundial da Saúde – OMS planeja aprovar várias vacinas contra Covid-19 de fabricantes ocidentais e chinesas nas próximas semanas e meses, mostra um documento publicado na quarta-feira (20), visto que ela visa rápidas implantações em países mais pobres.

Publicidade

A COVAX, um esquema global coliderado pela OMS, quer entregar pelo menos 2 bilhões de doses de vacina contra coronavírus em todo o mundo neste ano, com pelo menos 1,3 bilhão indo para países mais pobres.

Mas até agora o esquema enfrentou dificuldades para garantir doses suficientes devido a escassez de fundos, enquanto nações ricas reservaram grandes volumes de vacinas para elas mesmas.

Na corrida para entregar doses, aprovações regulatórias são fundamentais para confirmar a eficácia e segurança de vacinas, e aumentar a produção. Mas alguns países mais pobres dependem em sua maioria de autorizações da OMS, já que eles têm capacidade regulatória limitada.

A vacina contra Covid-19 desenvolvida pela AstraZeneca e fabricada pelo Instituto Serum da Índia (SII) poderia ser autorizada pela OMS em janeiro ou fevereiro, diz o documento.

A mesma vacina produzida na Coreia do Sul pela SK Bioscience poderia ser aprovada pela agência das Nações Unidas na segunda quinzena de fevereiro, mostra um calendário provisório publicado pela OMS na quarta-feira.

Assim como vacinas, reguladoras geralmente autorizam seus processos de fabricação em plantas diferentes.

A COVAX tem contratos de fornecimento com a AstraZeneca e a SII para cerca de 400 milhões de doses e uma opção para muitas mais centenas de milhões, embora o período de entrega seja incerto.

A OMS autorizou a vacina desenvolvida pela Pfizer e sua parceira alemã BioNtech no fim de dezembro.

Fonte: Asia Nikkei


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão