Reino Unido investiga possíveis reações alérgicas a vacinas da Pfizer e BioNTech

Publicado em 10 de dezembro de 2020, em Notícias do Mundo

Reações adversas por causa da vacina ocorreram no primeiro dia do programa de vacinação em massa do Reino Unido.

Neste Artigo:
&nbspReino Unido investiga possíveis reações alérgicas a vacinas da Pfizer e BioNTech
Pessoa sendo vacinada (ilustrativa/ banco de imagens PM)

Segundo reguladoras no Reino Unido na quarta-feira (9), pessoas que têm um “histórico significante” de reações alérgicas não deveriam receber as vacinas da Pfizer e BioNTech, enquanto elas investigam duas reações adversas que ocorreram no primeiro dia do programa de vacinação em massa da nação.

Publicidade

O professor Stephen Powis, diretor médico para o Serviço de Saúde Nacional na Inglaterra, disse que autoridades da saúde estavam agindo sob uma recomendação da Agência Regulatória de Produtos Médicos e de Cuidados da Saúde – MHRA.

“Como é comum com novas vacinas, a MHRA recomendou sobre uma base de precaução que pessoas com histórico significativo de reações alérgicas não recebam essa vacina, após duas com histórico de significantes de reações alérgicas terem respondido negativamente ontem”, disse Powis em uma declaração. “Ambas se recuperam bem”.

Os comentários ocorrem quando a Dra. June Raine, chefe do MHRA, disse a um comitê parlamentar que reguladoras haviam recebido relatos de duas reações alérgicas da vacina.

“Sabemos a partir dos ensaios clínicos muito extensos que isso não era uma característica”, disse ela.

“Mas se precisarmos fortalecer nosso conselho, agora que tivemos essa experiência com populações vulneráveis, os grupos que foram selecionados como prioridade, nós levaremos essa informação para o campo imediatamente”.

Os comentários de Raine ocorrem como parte de uma discussão geral na semana passada sobre como a agência dela continuará a monitorar pessoas que recebem a vacina autorizada para uso de emergência.

&nbspReino Unido investiga possíveis reações alérgicas a vacinas da Pfizer e BioNTech
Margaret Keenan, de 90 anos, se tornou a primeira pessoa no mundo a receber a vacina da Pfizer e BioNTech no Reino Unido (NHK)
Fonte: Mainichi


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Produtos Brasileiros no Japão