Extrema pobreza: mais 150 milhões de pessoas em 2021

Publicado em 8 de outubro de 2020, em Notícias do Mundo

O Banco Mundial apresentou um relatório estimado aumento considerável de pessoas que podem cair na extrema pobreza em 2021.

Neste Artigo:
&nbspExtrema pobreza: mais 150 milhões de pessoas em 2021
Sem teto (PhHere)

O Banco Mundial apresentou um relatório na quarta-feira (7) sobre a pobreza mundial intitulado Pobreza e Prosperidade Compartilhada.

Publicidade

Segundo o relatório são mais de 700 milhões de pessoas que vivem com uma renda irrisória do equivalente a menos de 200 ienes por dia. A tendência de melhoria que continuou nos últimos 20 anos pode ir por terra por causa do impacto da pandemia do novo coronavírus.

Calcula-se que as pessoas que vivem com menos de 1,90 dólar americano deva chegar a 729,3 milhões em 2021. O relatório aponta que a pandemia e a recessão global pode fazer com que mais de 1,4% da população mundial caia na extrema pobreza.

Se a infecção não diminuir, o número de pessoas extremamente pobres deverá aumentar em 150 milhões no próximo ano em relação à estimativa inicial.

“Devemos apoiar a reconstrução dos países em desenvolvimento e nos preparar para uma nova economia depois do novo coronavírus”, dizendo que o suporte é necessário principalmente nos países em desenvolvimento, com muitos pobres.

Caso não tenha uma política rápida, significativa e substancial, não só por causa da Covid-19 mas também os conflitos e mudanças climáticas, a meta de erradicação da pobreza até 2030 será inatingível.

Fontes: NHK, Mainichi e Blogos


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Produtos Brasileiros no Japão