Explosão em Beirute: mais de 4 mil feridos e dezenas de mortos

Publicado em 5 de agosto de 2020, em Notícias do Mundo

A cidade inteira foi sacudida pela explosão, que começou com um incêndio no porto causando uma nuvem cogumelo.

Neste Artigo:
&nbspExplosão em Beirute: mais de 4 mil feridos e dezenas de mortos
Explosão catastrófica em Beirute, no Líbano, na terça-feira, 4 de agosto (NHK)

O Líbano está de luto após uma explosão de grandes proporções na capital Beirute ter causado a morte de pelo menos 100 pessoas e ferido mais de 4 mil na terça-feira (4).

Publicidade

A cidade inteira foi sacudida pela explosão, que começou com incêndio no porto que explodiu em uma nuvem cogumelo.

O presidente Michel Aoun disse que 2.750 toneladas de nitrato de amônio haviam sido armazenadas de forma insegura em um depósito por 6 anos.

Ele agendou uma reunião urgente do gabinete para esta quarta-feira (5), e disse que um estado de emergência de duas semanas deveria ser declarado.

O país observará um período oficial de luto por 3 dias a partir de quarta-feira.

Aoun também anunciou que o governo liberaria 100 bilhões de libras (US$66 milhões) de fundos de emergência.

“O que estamos presenciando é uma catástrofe gigantesca”, disse o chefe da Cruz Vermelha do Líbano George Kettani à mídia local. “Há vítimas e mortos por todos os lugares”.

Equipes de resgate continuam a vasculhar os escombros e o número de mortos deve aumentar.

Autoridades disseram na terça-feira que uma investigação estava em curso para descobrir o lugar exato da explosão. O Conselho de Defesa Suprema do Líbano disse que os responsáveis enfrentariam a “máxima punição” possível.

O nitrato de amônio havia sido descarregado de um navio apreendido no porto em 2013, e então armazenado em um depósito no local.

A explosão ocorre em um momento sensível para o Líbano, com uma crise econômica reacendendo divisões antigas, enquanto o país enfrenta dificuldades com o coronavírus.

Tensões também aumentam antes do veredito na sexta-feira (7) sobre a morte do ex-primeiro-ministro Rafik Hariri em 2005.

Fonte: BBC


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão