Rússia se prepara para primeira aprovação do mundo de vacina contra Covid-19

Publicado em 29 de julho de 2020, em Notícias do Mundo

A Rússia está trabalhando na data de 10 de agosto ou antes para aprovação da vacina, que foi desenvolvida pelo Instituto Gameleya sediado em Moscou.

Neste Artigo:
&nbspRússia se prepara para primeira aprovação do mundo de vacina contra Covid-19
Vacina russa contra Covid-19 deve ser aprovada em semanas (ilustrativa/banco de imagens PM)

A Rússia tem a intenção de ser a primeira no mundo a aprovar uma vacina contra o novo coronavírus, em menos de duas semanas – apesar de preocupações sobre sua segurança, eficácia e se o país cortou caminhos no desenvolvimento, soube a rede CNN.

Publicidade

Oficiais russos disseram à rede que estão trabalhando na data de 10 de agosto ou antes para aprovação da vacina, que foi desenvolvida pelo Instituto Gameleya sediado em Moscou.

Ela será aprovada para uso público, com profissionais da saúde de linha de frente sendo os primeiros a serem vacinados, disseram.

“É um momento Sputnik”, disse Kirill Dmitriev, chefe de fundos soberanos, que está financiando a pesquisa de vacina russa, referindo-se ao sucesso do lançamento de 1957 do primeiro satélite do mundo pela União Soviética.

“Os americanos ficaram surpresos quando ouviram o bipe do Sputnik. É o mesmo com essa vacina. A Rússia terá chegado lá antes”, acrescentou.

Sem publicação de dados científicos ainda

Contudo, a Rússia não divulgou dados científicos de seu teste de vacina. Críticos dizem que o impulso do país por uma vacina ocorre em meio à pressão política do Kremlin, que está disposto a caracterizar a Rússia como força científica global.

Também há preocupações amplas de que testes em humanos da vacina estejam incompletos.

Dezenas de ensaios de vacinas estão em curso em todo o mundo e um pequeno número em testes de eficácia de grande escala, mas a maioria das desenvolvedoras alertou que ainda há muito trabalho antes de serem aprovadas.

Procedimentos acelerados por causa da pandemia global

Cientistas russos disseram que foi rápido desenvolver a vacina porque ela é uma versão modificada de uma já criada para combater outras doenças. Essa é a abordagem sendo levada em conta em muitos outros países e por outras companhias.

Particularmente, a Moderna, cuja vacina está sendo financiada pelo governo dos EUA e a qual iniciou a fase 3 de testes na segunda-feira (27), desenvolveu sua vacina no eixo de uma que ela havia criado para um vírus relacionado, o MERS. Enquanto isso tenha acelerado o processo de desenvolvimento, reguladoras dos EUA e europeias estão exigindo complemento integral de testes de segurança e eficácia para a vacina.

O Ministério da Defesa da Rússia disse que soldados serviram como voluntários em testes humanos.

Segundo oficiais russos, a vacina está com procedimentos acelerados de aprovação por causa da pandemia global e o próprio problema severo de coronavírus da Rússia. O país tem mais de 800 mil casos confirmados.

Oficiais dizem que dados científicos estão sendo atualmente compilados e que serão disponibilizados para revisão por pares (peer-reviewed) e publicação no início de agosto.

O Ministério da Saúde russo, que não confirmou a data de aprovação de agosto, diz que profissionais da saúde de linha de frente serão os primeiros a serem vacinados assim que o medicamento for aprovado para uso público.

Fonte: CNN


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão