Japão tem o passaporte mais poderoso do mundo

Publicado em 10 de julho de 2020, em Notícias do Mundo

Cidadãos asiáticos continuam a ter os documentos de viagem que abrem mais as portas. O Japão é o 1º da lista, com acesso a 191 países sem a necessidade de visto.

Neste Artigo:
&nbspJapão tem o passaporte mais poderoso do mundo
É dos japoneses o passaporte mais poderoso do mundo (banco de imagens PM)

Antes da Covid19, o mundo estava desfrutando de maior liberdade de movimento do que em qualquer época na história.

Publicidade

O tráfego aéreo vinha crescendo constantemente por décadas e um portador de passaporte no mundo em média estava desfrutando de isenção de visto ou visto na chegada a 107 destinos globais.

E então vieram as proibições de viagem.

O Henley Passport Index, que mede periodicamente os passaportes mundiais mais fortes do mundo, acaba de divulgar seu terceiro relatório da nova década.

Cidadãos asiáticos continuam a ter os documentos de viagem que abrem mais as portas.

O passaporte do Japão é o primeiro da lista, cujos seus portadores têm acesso sem visto, ou o recebem na chegada, a 191 destinos em todo o mundo.

Singapura fica em segundo, com acesso livre a 190 países e a Coreia do Sul e Alemanha em terceiro, com acesso a 189.

O ranking padrão, entretanto, não leva em consideração proibições temporárias – e isso, diz o Henley & Partners em um comunicado, é onde ficam os detalhes mais interessantes: “É surpreendente considerar como é atualmente a liberdade de viajar para os titulares de passaportes outrora prestigiados”.

Na semana passada, a União Europeia- UE divulgou sua lista dos 14 países cujos residentes teriam permissão para entrar no bloco a partir de 1º de julho, meses após ele fechar suas fronteiras externas em resposta ao surto de Covid-19.

O Japão e a Coreia do Sul cumprem os objetivos quando se fala em critérios de saúde e segurança da UE relacionados ao coronavírus, assim como Austrália e Canadá (que ficaram em 9º lugar no Henley Passport Index).

Entretanto, cita o Henley and Partners, “em uma ação percebida como uma repreensão dolorosa por sua deficiente gestão da pandemia”, os EUA foram uma exclusão notável, junto com Brasil e Rússia.

Os EUA atualmente estão em 7º lugar no indicador oficial, mas sob a atual proibição da UE, os americanos têm cerca do mesmo nível de liberdade de viagem dos cidadãos do México (25º lugar no Henley Passport Index, com uma pontuação de 159) e Uruguai (em 28º com pontuação de 153).

Igualmente, a ausência do Brasil da lista de países acolhidos pela UE significa que, enquanto seu ranking oficial seja o 19º, a atual realidade é que ele está classificado perto do Paraguai (36º no indicador, com pontuação de 142).

Singapura, enquanto isso, está em 2º no Henley Passport Index, mas sua exclusão da lista da UE significa que os portadores de seus passaportes atualmente têm bem menos liberdade de viagem do que outros países no topo do pódio: Japão, Coreia do Sul e Alemanha.

Cristian H. Kaelin, presidente da Henley and Partners e inventor do conceito de indicador de passaporte, diz que o impacto da recente decisão da UE será abrangente.

“Como já vimos, o impacto da pandemia sobre liberdade de viagem foi mais drástico e duradouro do que o inicialmente antecipado. A decisão mais recente da UE indica que há mais agitação a vir”.

Os passaportes mais poderosos para 2020 são:

Posição País/Nação Quantos destinos
1 Japão 191
2 Singapura 190
3 Coreia do Sul, Alemanha 189
4 Itália, Finlândia, Espanha e Luxemburgo 188
5 Dinamarca, Áustria 187
6 Suécia, França, Portugal, Holanda e Irlanda 186
7 Suíça, EUA, Reino Unido Noruega, Bélgica 185
8 Grécia, Nova Zelândia, Malta, República Tcheca 184
9 Canadá e Austrália 183
10 Hungria 181

Os piores passaportes

Vários países em todo o mundo têm acesso livre ou recebem o visto na chegada a menos de 40 nações. Esses incluem:

Posição País/Nação Quantos destinos
103º Coreia do Norte 39
104º Líbia, Nepal, Territórios Palestinianos 38
105º Somália, Iêmen 33
106º Paquistão 32
107º Síria 29
108º Iraque 28
109º Afeganistão 26

A lista da Henley & Partners é um dos vários indicadores criados por empresas financeiras com a finalidade de classificar passaportes globais de acordo com o acesso que eles oferecem a seus cidadãos.

O Henley Passport Index é baseado em dados fornecidos pela Associação Internacional de Transportes Aéreos (IATA) e cobre 199 passaportes e 227 destinos de viagem. Ele é atualizado em tempo real durante todo o ano, e quando mudanças nas políticas de vistos entram em vigor.

Fonte: CNN


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão