Uso generalizado de máscaras poderia prevenir segundas ondas de Covid-19

Publicado em 10 de junho de 2020, em Notícias do Mundo

Quando combinado com lockdowns, o uso de máscaras poderia prevenir ondas adicionais da doença, de acordo com um estudo britânico.

Neste Artigo:
&nbspUso generalizado de máscaras poderia prevenir segundas ondas de Covid-19
Pessoas de máscara em plataforma de trem (ilustrativa/PM)

O uso amplo de máscaras pela população poderia reduzir as transmissões de Covid-19 a níveis controláveis para epidemia nacional e poderia prevenir ondas adicionais da doença quando combinado com lockdowns, de acordo com um estudo britânico publicado na quarta-feira (10).

Publicidade

A pesquisa, liderada por cientistas das Universidades de Cambridge e de Greenwich do Reino Unido, sugere que só os lockdowns não deterão o ressurgimento do coronavírus SARs-CoV-2, mas que mesmo as máscaras caseiras podem reduzir dramaticamente as taxas de transmissão se um número suficiente de pessoas usá-las em público.

“Nossa análise apoia a adoção imediata e universal de máscaras pelo público”, disse Richard Stutt, que coliderou o estudo em Cambridge.

Ele disse que as descobertas mostraram que se o uso disseminado fosse combinado com distanciamento social e certas medidas de lockdown, isso poderia ser “uma maneira aceitável de gerenciar a pandemia e reabrir a atividade econômica” pouco antes do desenvolvimento e disponibilidade pública de uma vacina eficaz contra a Covid-19, a doença respiratória causada pelo novo coronavírus.

As descobertas do estudo foram publicadas no jornal científico Proceedings of The Royal Society A.

A Organização Mundial da Saúde – OMS atualizou suas diretrizes na sexta-feira (5) para recomendar que governos peçam a todos que usem máscaras em áreas públicas onde há risco a fim de reduzir a propagação da doença.

Nesse estudo, pesquisadores ligaram a dinâmica da propagação entre pessoas com modelos de nível populacional para avaliar o efeito da taxa de reprodução da doença, ou valor R, de diferentes cenários de adoção de máscaras combinados com períodos de lockdown.

O valor R mede o número médio de pessoas que um infectado pode passar a doença. Um valor R acima de 1 pode levar a um crescimento exponencial.

O estudo descobriu que se pessoas usarem máscaras sempre que estiverem em público é duas vezes mais eficaz em reduzir o valor R do que se forem usadas somente após os sintomas aparecerem.

Em todos os cenários observados pelo estudo, o uso rotineiro de máscaras por 50% ou mais da população reduziu a propagação da Covid-19 para um R de menos de 1.0, nivelando futuras ondas da doença e permitindo menos lockdowns rigorosos.

“Temos pouco a perder da adoção generalizada de máscaras, mas os ganhos poderiam ser significantes”, disse Renata Retkute, que coliderou o estudo.

Fonte: Channel News Asia


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão