Tóquio é uma das cidades mais cara do mundo para viver

Publicado em 17 de junho de 2020, em Notícias do Mundo

Em uma pesquisa anual de custo de vida de uma empresa dos EUA, Tóquio foi classificada a terceira cidade mais cara do mundo para viver.

Neste Artigo:
&nbspTóquio é uma das cidades mais cara do mundo para viver
Odaiba em Tóquio (PM)

Tóquio foi classificada a terceira cidade mais cara do mundo para *expatriados em uma pesquisa anual de custo de vida realizada por uma empresa de consultoria dos EUA, caindo do 2º lugar no ano passado, enquanto Hong Kong manteve sua posição de topo pelo 3º ano consecutivo.

Publicidade

A Pesquisa de Custo de Vida da Mercer, que classificou 209 cidades neste ano, mostrou que Asgabate no Turcomenistão é a 2ª cidade mais cara do mundo, subindo da 11ª posição no ano passado, enquanto Zurique ficou em 4º, seguida por Singapura e Nova Iorque.

Hong Kong manteve seu lugar de topo devido a movimentos cambiais medidos contra o dólar dos EUA que elevaram o custo de viver localmente, disse a firma de consultoria de recursos humanos, a qual compila os dados para ajudar companhias multinacionais e governos pelo mundo a determinar estratégias de remuneração para seus funcionários expatriados.

As outras 4 cidades nas top 10 foram Xangai em 7º, Bern em 8º, Genebra em 9º e Pequim em 10º.

A pesquisa mede o custo de mais de 100 itens em cada local, incluindo moradia, transporte, alimentação, vestuário, produtos domésticos e entretenimento. A cidade de Nova Iorque é usada como cidade de base para todas as comparações e movimentos cambiais são medidos contra o dólar dos EUA.

A Mercer coletou dados em março, embora ela tenha dito que conduziu análises adicionais sobre a disponibilidade de produtos em abril e maio para verificar os preços devido ao momento do surto do novo coronavírus.

Ilya Bonic, presidente e chefe da Mercer Strategy, disse em uma coletiva de imprensa com data de 9 de junho que a pandemia afetou o custo de vida.

“Fechamentos de fronteiras, interrupções de voos, confinamentos obrigatórios e outras interferências a curto prazo afetaram não somente o custo de produtos e serviços, mas também a qualidade de vida”, disse Bonic.

A cidade mais barata do mundo para expatriados, de acordo com a pesquisa, é Tunis, na Tunísia. Acima, ficaram Windhoek na Namíbia no 208º lugar e Tashkent, no Uzbequistão, e Bisqueque no Quirguistão, que compartilharam a 206ª posição nos rankings.

*Expatriado: pessoa que reside em um país que não seja o país de origem.
Em uso comum, o termo geralmente se refere a profissionais, trabalhadores qualificados ou artistas assumindo posições fora de seu país de origem, independentemente ou enviados por seus empregadores, que podem ser companhias, universidades, governos ou organizações não governamentais.
Fonte: Mainichi


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão