Cinco mortos em surto de ebola no Congo, diz UNICEF

Publicado em 3 de junho de 2020, em Notícias do Mundo

O país também luta contra a Covid-19 e o maior surto de sarampo do mundo, disse a OMS em uma declaração.

Neste Artigo:
&nbspCinco mortos em surto de ebola no Congo, diz UNICEF
Equipe retira corpo de casa durante epidemia de ebola em Lunsar, Serra Leoa, no ano de 2015 (PM)

Cinco pessoas, incluindo uma adolescente de 15 anos, morreram em decorrência do ebola em um novo surto do vírus na República Democrática do Congo (RDC), disse o Fundo das Nações Unidas para a Infância. Nove casos no total foram reportados, segundo a UNICEF.

Publicidade

“Quatro casos adicionais de pessoas que contraíram o vírus – todos contatos dos que morreram, incluindo filho de um dos casos fatais – estão sendo tratados em uma unidade de isolamento no Hospital Wangata em Mbandaka”, disse a UNICEF em uma declaração.

“As mortes ocorreram entre os dias 18 e 30 de maio, mas só foram confirmadas como relacionadas ao ebola na segunda-feira (1º).

Mais cedo na segunda-feira, o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde – OMS, Tedros Adhanom Gebreyesus, postou no Twitter que seis casos haviam sido reportados em Mbadaka, na província Équateur no noroeste do país.

Esse é o 11º surto do vírus potencialmente letal, que é transmitido por fluidos corporais e tem uma taxa de mortalidade entre 25% e 90%, dependendo do surto.

“O anúncio ocorre quando um longo, difícil e complexo surto de ebola no leste da República Democrática do Congo está em sua fase final, enquanto o país também luta contra a Covid-19 e o maior surto de sarampo do mundo”, disse a OMS em uma declaração. O país no centro da África reportou 3.195 casos de coronavírus e 72 mortes. De longe, a pior epidemia afetando a RDC é a de sarampo, que infectou cerca de 370 mil pessoas e causou a morte de 6.779 desde 2019.

O hospedeiro do vírus ebola é o morcego, e a OMS diz que surtos podem ser esperados na RDC.

De longe, a pior epidemia de ebola foi em 2014-2016 na Libéria, Serra Leoa e Guiné, países no oeste africano. Mais de 28 mil pessoas foram infectadas nessa epidemia e mais de 11 mil delas morreram.

Fonte: CNN


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão