Banco Mundial prevê pior recessão em oito décadas devido à Covid-19

Publicado em 10 de junho de 2020, em Notícias do Mundo

De acordo com o Banco Mundial, a recessão global seria mais profunda se a pandemia demorar mais do que o esperado para estar sob controle.

Neste Artigo:
&nbspBanco Mundial prevê pior recessão em oito décadas devido à Covid-19
(Imagem ilustrativa/PM)

A economia global terá sua maior contração neste ano desde a 2ª Guerra Mundial devido à pandemia de Covid-19, reduzindo salários e colocando milhões de pessoas na pobreza em nações emergentes e em desenvolvimento, disse o Banco Mundial.

Publicidade

O produto interno bruto global provavelmente encolherá 5,2% em 2020, disse a organização sediada em Washington em seu relatório semianual de Perspectivas Econômicas Globais na segunda-feira (8).

Isso se compara a uma projeção em janeiro para uma expansão de 2,5%, e seria a quarta recessão mais profunda dos últimos 150 anos após as de 1914, de 1930 a 1932 e de 1945 a 1946 , disse o Banco Mundial.

A produção per capita contrairá em mais de 90 por cento dos países, a maior porcentagem desde 1870. A economia se recuperará em 2021, crescendo 4,2%, de acordo com o relatório.

“Essa é a primeira recessão desde 1870 desencadeada unicamente por uma pandemia, e ela continua a se manifestar”, disse Ceyla Pazarbazioglu, vice-presidente do Banco Mundial de crescimento equitativo, finança e instituições, aos repórteres por telefone.

“Dadas essas incertezas, mais rebaixamentos às perspectivas são muito prováveis”.

O declínio no salário per capita pode colocar de 70 a 100 milhões de pessoas em extrema pobreza, disse ela.

Economias avançadas contrairão 7%, enquanto as emergentes e em desenvolvimento encolherão 2,5%, suas piores performances em dados que iniciam em 1960, disse o relatório.

Aquelas com capacidade de cuidados da saúde limitada, cadeias de valores globais profundamente integradas, forte dependência de financiamentos estrangeiros e extensa dependência de comércio internacional, exportações de mercadorias e turismo provavelmente serão as mais duramente atingidas.

O relatório do Banco Mundial mostrou contrações em 2020 de 6,1% para os EUA e Japão, 9,1% para a zona do euro, 8% para o Brasil e 3,2% para a Índia. A China deve manter um crescimento de 1% em 2020, queda de uma previsão de 6% em janeiro.

Oficiais do Banco Mundial disseram que seu cenário de linha de base assume que lockdowns de distanciamento social e fechamentos temporários de negócios comecem a ser relaxados no fim de junho.

Mas o relatório mostra um cenário negativo em que lockdowns são estendidos em 3 meses neste ano. Se isso ocorrer, as contrações de 2020 afundariam para 8 a 10 por cento em economias avançadas e 5% em mercados emergentes, com bem mais fechamentos de negócios permanentes, um colapso maior em fluxos de negócios globais, demissões e cortes profundos nos gastos das famílias.

“A recessão global seria mais profunda se a pandemia demorar mais do que o esperado para estar sob controle, ou se estresse financeiro causasse padrões em cascata”, disse o Banco Mundial.

Fonte: Japan Times,


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão