EUA ultrapassam China em casos confirmados de coronavírus

Publicado em 27 de março de 2020, em Notícias do Mundo e atualizado em 29 de março de 2020 as 11:20 AM

O dia com o maior número de mortes pelo vírus nos EUA foi quarta-feira (25), com mais de 200, de acordo com a Universidade Johns Hopkins.

Neste Artigo:
&nbspEUA ultrapassam China em casos confirmados de coronavírus
O maior número de casos confirmados de coronavírus no mundo está nos Estados Unidos (ilustrativa/PM)

O número de casos confirmados de Covid-19 nos EUA ultrapassou o da China, tornando o país o novo epicentro do coronavírus.

Publicidade

Desde a quinta-feira (26), os EUA tinham 82.404 casos confirmados e 1.178 mortes, de acordo com dados coletados pela Universidade Johns Hopkins.

Desde dezembro do ano passado quando o primeiro caso de coronavírus foi descoberto na cidade chinesa de Wuhan, mais de 520 mil pessoas em todo o mundo foram infectadas e o número de mortes situa-se a mais de 23 mil.

A China foi o epicentro, mas o país não reportou nenhum caso novo neste mês, marcando um passo significante em direção à superação do surto. O país tem 81.782 casos confirmados.

Quarta-feira (25) foi o dia com o maior número de mortes pelo vírus nos EUA, com mais de 200, de acordo com a Johns Hopkins.

O presidente Donald Trump, falando em seu resumo diário na Casa Branca de resposta ao coronavírus de sua administração, atribuiu o aumento de casos confirmados no país “ao número exorbitante de pessoas submetidas a testes” e manifestou ceticismo sobre as contagens oficiais da China.

Na quinta-feira, Trump sugeriu que governos categorizassem as contagens por nível de risco, e flexibilizassem medidas de distanciamento social em regiões menos afetadas.

Enquanto isso, hospitais em todo o país enfrentam uma escassez de equipamentos de proteção pessoal e equipes médicas passam dificuldades para tratar o influxo de pacientes com Covid-19.

Os EUA pediram ajuda à Coreia do Sul e a outras nações a fim de conseguir suprimentos suficientes para combater a crise.

No mesmo dia, a China disse que suspenderá temporariamente a entrada de estrangeiros com vistos válidos e permissões de residência com início no sábado (28), de acordo com o Ministério de Relações Exteriores do país. Vistos diplomáticos não serão afetados.

Fonte: Asia Nikkei


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão