Coronavírus: teste para vacina experimental começa nesta segunda-feira

Publicado em 16 de março de 2020, em Notícias do Mundo

O primeiro participante receberá a vacina experimental nesta segunda-feira (16), segundo um oficial do governo dos EUA.

Neste Artigo:
&nbspCoronavírus: teste para vacina experimental começa nesta segunda-feira
Imagem ilustrativa de vacina contra Covid-19 (PM)

Um ensaio clínico que avalia uma vacina designada a proteger contra o novo coronavírus começa nesta segunda-feira (16), disse um oficial do governo dos EUA.

Publicidade

O primeiro participante receberá a vacina experimental nesta segunda-feira, disse o oficial, falando na condição de anonimato porque o teste ainda não foi anunciado publicamente.

O Instituto Nacional de Saúde – NIH está bancando o teste, o qual está sendo realizado no Kaiser Permanente Washington Health Research Institute em Seattle, disse o oficial.

Oficiais da saúde pública dizem que levará de 12 a 18 meses para validar integralmente qualquer vacina em potencial.

Os testes começarão com 45 voluntários jovens e saudáveis com diferentes doses de vacinas codesenvolvidas pelo NIH e pela Moderna Inc. A meta é puramente verificar que as vacinas não apresentam efeitos colaterais preocupantes, preparando o palco para testes maiores.

Dezenas de grupos de pesquisa em todo o mundo estão correndo contra o tempo para criar uma vacina, visto que casos de Covid-19 continuam aumentando.

Sobretudo, eles estão buscando diferentes tipos de vacinas – desenvolvidas a partir de novas tecnologias que não são somente mais rápidas para produzir em relação às tradicionais, mas que também podem provar serem mais potentes.

Alguns pesquisadores visam até vacinas temporárias, como aquelas que podem proteger a vida das pessoas por 1 mês ou 2 enquanto uma proteção que dura mais tempo é desenvolvida.

Para a maioria das pessoas, o novo coronavírus causa apenas sintomas amenos ou moderados, como febre e tosse. Para alguns, principalmente idosos e pessoas com problemas de saúde existentes, ele pode causar doenças mais severas, incluindo pneumonia.

O surto mundial atingiu mais de 156 mil pessoas e deixou mais de 5,8 mil mortos. A taxa de morte nos EUA é de mais de 50, enquanto o de infecções chega perto de 3 mil em 49 estados e o Distrito de Columbia.

A grande maioria das pessoas se recupera. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, as pessoas com a doença em sua forma amena se recuperam em cerca de 2 semanas, enquanto aquelas com a condição mais severa podem levar de 3 a 6 semanas para sarar.

Fonte: Mainichi


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão