Companhias aéreas estão operando ‘voos fantasmas’ em meio ao surto de coronavírus

Publicado em 10 de março de 2020, em Notícias do Mundo

Na Europa, se as aéreas não usam 80 por cento de seus slots de voos alocados em um aeroporto em particular elas correm o risco de perdê-los para rivais

Neste Artigo:
&nbspCompanhias aéreas estão operando ‘voos fantasmas’ em meio ao surto de coronavírus
Poltronas vazias em aeronave (ilustrativa/PM)

A Europa emprega um sistema “use ele ou o perca” para determinar os slots* de voo de uma companhia aérea, então o que as operadoras fazem quando um surto global prejudica as demandas de voos? A resposta: “voos fantasmas”.

Publicidade

Isso é exatamente o que parece. Atualmente, aéreas estão operando voos desprovidas de passageiros por toda a Europa e gastando milhares de litros de combustível no processo, reportou o Sunday Times na semana passada, emitindo toneladas de CO2 e outros gases de efeito estufa durante todo o tempo.

A razão pela qual as operadoras foram forçadas a despachar aviões “fantasma” pode ser traçada a uma regulamentação de décadas “para garantir que as aéras tenham acesso aos aeroportos mais movimentados na União Europeia sobre a base de princípios de neutralidade, transparência e não discriminação”, conforme o site da Comissão Europeia.

Na Europa, se as companhias aéreas não usam 80 por cento de seus slots de voos alocados em um aeroporto em particular, elas correm o risco de perdê-los para rivais em suas avaliações anuais feitas por oficiais do governo.

Essencialmente, as operadoras precisam provar que elas têm demanda de clientes para justificar tal espaço.

Essa cota fez com que as operadoras lutassem contra a diminuição de voos em meio ao surto de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. Até agora, houve mais de 100 mil casos reportados em 101 países no mundo.

Nessa semana, a secretária dos transportes do Reino Unido, Grant Shapps, escreveu a reguladores pedindo uma moratória sobre essas regras para evitar ainda mais repercussões ambientais e econômicas enquanto o surto continua a se espalhar.

O custo de operar aviões vazios soma-se aos estimados US$ 113 bilhões em vendas perdidas da indústria da aviação, visto que as pessoas estão evitando viajar por medo de contrair a doença, de acordo com a Associação de Transporte Aéreo Internacional.

Esses voos “fantasmas” marcam ainda um outro efeito ambiental em cascata decorrente da rápida propagação da Covid-19 em todo o globo.

A demanda global por petróleo também desabou e vivenciou sua queda mais dramática na história no início da semana passada.

E, para melhor ou pior, a poluição do ar na China, de forma similar, diminuiu após várias quarentenas impostas pelo governo que colocaram milhões de cidadãos em isolamento em uma tentativa de conter a propagação da doença.

*slot: termo usado na aviação para se referir ao direito de pousar ou decolar em aeroportos movimentados.
Fonte: Gizmodo


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!