Canadá e Austrália não enviarão atletas aos Jogos Olímpicos de Tóquio

Publicado em 23 de março de 2020, em Notícias do Mundo

Os comitês olímpicos canadense e australiano estão pedindo que os Jogos sejam adiados até 2021.

Neste Artigo:
&nbspCanadá e Austrália não enviarão atletas aos Jogos Olímpicos de Tóquio
Avião especial Tokyo 2020 (PM)

Canadá e Austrália não enviarão atletas aos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 por causa dos riscos associados ao surto do novo coronavírus, disseram em declarações separadas os comitês olímpicos de ambos os países no domingo (22).

Publicidade

Os comitês olímpicos de ambos os países estão pedindo que os Jogos sejam adiados até 2021.

“Enquanto reconhecemos as complexidades inerentes em torno de um adiamento, nada é mais importante do que a saúde e segurança de nossos atletas e da comunidade mundial”, disse o Comitê Olímpico Canadense e o Comitê Paralímpico Canadense em uma declaração conjunta. “Isso não é somente sobre a saúde dos atletas – é sobre a saúde pública”.

O conselho executivo do Comitê Olímpico Australiano se encontrou por teleconferência na manhã de domingo (22) e concordaram de forma unânime que uma equipe olímpica australiana não poderia ser formada dada as circunstâncias em mudança no mundo todo, disse o comitê em uma declaração.

O comitê também disse “nossos atletas nesse momento precisam dar prioridade às suas próprias saúdes e a das pessoas em torno deles, e poderem retornar para suas famílias”.

“Está claro que os Jogos não podem ser realizados em julho”, disse Ian Chesterman, chefe de missão em Tóquio da equipe australiana. “Nossos atletas têm sido magníficos em suas atitudes positivas ao treinamento e preparação, mas o estresse e a incerteza vêm sendo extremamente desafiadores para eles”.

COI diz que não está cancelando as Olimpíadas

As decisões de comitês ocorreram horas após o conselho executivo do Comitê Olímpico Internacional – COI ter dito que estava considerando adiar – mas não cancelar – os Jogos de Verão deste ano em Tóquio por causa da pandemia do novo coronavírus.

O conselho do COI disse que está considerando várias opções para lidar com o surto em curso, incluindo modificar planos para permitir que os Jogos de Tóquio 2020 comecem como programados para 24 de julho ou mudar a data de início.

O conselho executivo do COI descartou o cancelamento dos Jogos, dizendo que isso “destruiria o sonho olímpico de 11 mil atletas” e de todos aqueles que os apoiaram, de acordo com uma carta do presidente do COI, Thomas Bach, aos atletas.

A declaração canadense agradeceu ao COI por dizer que não cancelaria os jogos, dizendo que o COI aprecia a “importância de acelerar a tomada de decisão em relação a um possível adiamento”.

O primeiro-ministro japonês Shinzo Abe disse que uma decisão para adiar as Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio poderia ser necessária se os Jogos não puderem ser realizados de uma forma completa.

Abe fez a observação durante uma sessão parlamentar nesta segunda-feira (23) após o COI ter anunciado no domingo (22) que o grupo decidiu intensificar o planejamento de cenário para os Jogos de Tóquio 2020 em reação à pandemia de coronavírus.

O COI enfrenta pressão crescente para adiar os Jogos, visto que um número exorbitante de pessoas em todo o mundo foram infectadas e outras morreram em decorrência da Covid-19.

Pistas, ginásios e espaços públicos estão fechados em grande parte do mundo e grandes eventos de qualificação foram cancelados.

Fonte: CNN


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Easy Car Ride, carros e financiamentos
Kumon - estude japonês por correspondência!
Empregos no Japão - Outsorcing