Toyota fará recall mundial de 3,4 milhões de veículos

Publicado em 22 de janeiro de 2020, em Notícias do Mundo

O recall ocorre por causa de um defeito eletrônico que pode fazer com que os air bags não sejam acionados em acidentes.

Neste Artigo:

&nbspToyota fará recall mundial de 3,4 milhões de veículos

Publicidade

A Toyota Motor disse na terça-feira (21) que fará o recall mundial de 3,4 milhões de veículos por causa de um defeito eletrônico que pode fazer com que os air bags não sejam acionados em acidentes.

O recall, que inclui 2,9 milhões de veículos nos EUA, cobre os modelos Corolla de 2011- 2019, Matrix de 2011- 2013, Avalon 2012- 2018 e híbridos Avalon 2013-2018 e está ligado a um relato de um acidente fatal.

Os veículos podem ter uma unidade de controle eletrônico que não possui proteção adequada contra ruído elétrico que pode ocorrer em acidentes, que poderia levar ao acionamento incompleto ou não acionamento dos air bags. Isso também poderia impedir a operação de pré-tensionadores de cintos de segurança.

Em abril, a Administração Nacional de Segurança no Tráfego de Rodovias dos EUA – NHTSA expandiu uma sondagem em 12,3 milhões de air bags potencialmente defeituosos cobrindo várias montadoras, incluindo os veículos que estão sendo recolhidos pela Toyota.

Em abril, a NHTSA disse que havia identificado dois acidentes frontais, incluindo um fatal “envolvendo produtos da Toyota com suspeita de sobrecarregamento elétrico como a causa provável” do não acionamento de air bags. Ambos envolveram os carros mais novos do modelo Corolla.

A NHTSA disse que os air bags sob investigação foram instalados em mais de 12 milhões de veículos de 2010 a 2019 vendidos pela Toyota, Fiat Chrysler Automobiles NV, Honda Motor, Hyundai Motor, Kia Motors e Mitsubishi.

Eles estavam equipados com uma unidade de controle de air bag produzida inicialmente pela TRW Automotive Holdings, que agora é de propriedade da ZF Friedrichshafen.

No total, a NHTSA disse que oito mortes poderiam estar relacionadas ao problema.

A Hyundai, Kia e Fiat Chrysler emitiram recalls anteriormente para mais de 2,5 milhões de veículos com unidades de controle de air bag da TRW em questão que não poderiam acionar em acidentes.

Quando realizou o recall de 2 milhões de veículos por não acionamento de air bags em 2016, a Fiat Chrysler disse que ela tinha relatos de 3 mortes e cinco feridos que poderiam estar relacionados ao defeito.

Por fim, a Hyundai e a Kia recolheram em 2018 mais de 1 milhão de veículos por preocupações de não acionamento de air bags. A Hyundai e a Kia em 2018 disseram que tinham relatos de quatro mortes e seis feridos na América do Norte relacionado ao problema.

Distribuidoras da Toyota vão instalar um filtro de ruído entre o módulo de controle de air bag e seu chicote de fios se necessário.

A Toyota se recusou a dizer quantas mortes ou feridos foram relacionados ao defeito. A montadora notificará os proprietários de veículos sobre o recall até meados de março.

Fonte: Asia Nikkei


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão