Tensões aumentam após morte de general iraniano em ataque aéreo dos EUA

Publicado em 4 de janeiro de 2020, em Notícias do Mundo

Donald Trump disse que tomou a ação na noite passada para impedir uma guerra e não para iniciar uma.

Neste Artigo:
&nbspTensões aumentam após morte de general iraniano em ataque aéreo dos EUA
Protestos em Keran, no Irã, na sexta-feira, 3 de janeiro (NHK World)

As tensões estão aumentando entre os EUA e o Irã após as forças americanas terem matado um oficial sênior da Guarda Revolucionária iraniana.

Publicidade

O general Qassem Soleimani morreu em um ataque aéreo dos EUA perto do Aeroporto Internacional de Bagdá na sexta-feira (3).

O presidente dos EUA, Donald Trump, fez um discurso na sexta-feira em que ele disse, “Sempre protegeremos nossos diplomatas, membros de serviço, e todos os americanos e aliados”.

Trump enfatizou, “Soleimani estava conspirando ataques sinistros e iminentes contra diplomatas americanos e pessoal militar, mas o pegamos no ato e o exterminamos. Tomamos ação na noite passada para impedir uma guerra. Não tomamos ação para iniciar uma guerra”.

Soleimani era o comandante da Força Quds, uma brigada de elite responsável por operações militares fora do Irã.

&nbspTensões aumentam após morte de general iraniano em ataque aéreo dos EUA
O general Qassem Soleimani era visto como herói nacional no Irã (NHK World)

O general era figura lendária no Irã, e visto como herói nacional. Na província de Kerman, no sudoeste do Irã, onde Soleimani nasceu, milhares se reuniram, segurando fotos dele e entoando slogans denunciando os EUA.

O Líder Supremo do Irã, Ayatollah Ali Khamenei, disse na sexta-feira que o assassinato só aumentaria a resistência contra os EUA. Ele enfatizou que retaliação severa aguarda aqueles que mataram Soleimani.

Enquanto as tensões aumentam, a embaixada dos EUA em Bagdá pediu aos cidadãos americanos que deixassem o Iraque imediatamente.

O porta-voz adjunto para a Secretaria Geral das Nações Unidas Farhan Haq leu uma declaração do secretário-geral das Nações Unidas António Guterres na sexta-feira.

Guterres manifestou sua profunda preocupação, dizendo, “O mundo não pode suportar outra guerra no Golfo”.

Fonte: NHK World


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Easy Car Ride, carros e financiamentos
UNIP - Faculdade a distância no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!