EUA multam a Japan Airlines em US$300.000 por atrasos

Publicado em 16 de setembro de 2019, em Notícias do Mundo

Em dois incidentes separados no ano 2018, passageiros foram forçados a esperar a bordo de seus voos por mais de 4 horas após o pouso. O mau tempo representou um papel no longo atraso em ambas as situações.

Neste Artigo:
&nbspEUA multam a Japan Airlines em US$300.000 por atrasos
Uma aeronave da JAL na pista (ilustrativa/banco de imagens)

O Departamento dos Transportes dos EUA (DTEU) emitiu uma multa de US$300.000 à Japan Airlines – JAL. Ela tem a ver com dois incidentes separados em que passageiros foram forçados a esperar a bordo de seus voos por mais de 4 horas após o pouso. O mau tempo representou um papel no longo atraso em ambas as situações.

Publicidade

Na quinta-feira (12) o DTEU emitiu uma multa de US$300.000 à Japan Airlines por incidentes que ocorreram em 4 de janeiro e 15 de maio de 2018.

De acordo com relatos da Flight Global, ambos os incidentes aconteceram a bordo do voo JL004 partindo do Aeroporto de Narita, que fica na província de Chiba.

Durante o primeiro incidente, o voo JL004 desviou para o Aeroporto Chicago O’Hare por causa de severa tempestade de neve, a qual forçou o Aeroporto Internacional John F. Kennedy a fechar por 24 horas.

Passageiros foram mantidos a bordo da aeronave por mais de 4 horas.

No segundo incidente, o voo JL004 foi forçado a desviar para o Aeroporto Internacional Washington Dulles, desta vez por causa de severas tempestades em Nova Iorque.

Novamente, os passageiros foram forçados a aguardar na aeronave por quase 5 horas. Nesse ponto, a tripulação chegou ao horário máximo de seu turno e teve que deixar a aeronave.

Em ambos os casos, o DTEU diz que a JAL violou as regras de permanência na pista as quais estabelecem que passageiros não podem ser mantidos a bordo de seus voos involuntariamente por mais de 4 horas.

Da multa de US$300.000, US$60.000 serão alocados para compensação monetária e vouchers de viagem para passageiros em ambos os voos.

A decisão de multar a Japan Airlines

Enquanto a companhia aérea japonesa discorde da decisão do departamento, as regras em relação a atrasos longos foram claramente quebradas.

O clima foi um grande fator nos atrasos, e o relato da JAL sobre ambos os incidentes mostra que houve fatores em jogo que amplamente tiraram a decisão de suas mãos.

A JAL se certificou de que sua tripulação mantivesse os passageiros informados sobre a situação em curso e forneceu comida e bebida durante ambos os incidentes.

Ela também disse que uma falta de ação por parte de funcionários do aeroporto representaram um grande papel nos atrasos.

A resposta da Japan Airlines

A Japan Airlines não respondeu ao pedido para comentário enviado pela Simple Flying, fonte dessa notícia, sobre as multas emitidas pelo departamento dos EUA.

Ela, entretanto, concordou em pagar os US$300.000 a fim de evitar futuro litígio. Ela também insiste que os atrasos foram devido a circunstâncias que estavam longe das mãos da companhia aérea.

Fonte: Simple Flying


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Easy Car Ride, carros e financiamentos
UNIP - Faculdade a distância no Japão