Banco depositou US$120.000 por engano na conta de casal e eles gastaram tudo

Publicado em 10 de setembro de 2019, em Notícias do Mundo

O casal disse que sabia que o dinheiro não era deles, mas compraram veículos e ainda deram US$15.000 a amigos que "passavam por necessidades".

Neste Artigo:
&nbspBanco depositou US$120.000 por engano na conta de casal e eles gastaram tudo
Homem segurando notas de 100 dólares e cartão do banco (ilustrativa/banco de imagens)

Um casal na Pensilvânia, nos EUA, está enfrentando acusações de roubo após o banco deles ter depositado por engano US$120.000 em sua conta e eles gastaram grande parte do valor ao invés de entrar em contato com a instituição financeira, disse a polícia.

Publicidade

Robert e Tiffany Williams de Montoursville também estão sujeitos a taxas de empréstimo do banco no valor de cerca de US$107.000, de acordo com a queixa criminal apresentada pelo tribunal distrital magistral do Condado de Lycoming.

Em uma entrevista com agentes do cumprimento da lei, Tiffany Williams disse que o dinheiro foi gasto em uma SUV, um trailer e quatro carros, dentre outras coisas, de acordo com um depoimento.

O erro do banco ocorreu em 31 de maio quando um cliente na Georgia fez um depósito de US$120.000 e o atendente do BB&T inseriu um número de conta errada. Quando o cliente entrou em contato com o banco para perguntar sobre o depósito ausente, investigadores descobriram que os fundos foram parar na conta conjunta dos Williams, de acordo com o depoimento.

“Enquanto não podemos comentar sobre os detalhes dessa questão por causa de práticas de privacidade do cliente, sempre trabalhamos o mais rápido possível para endereçar qualquer problema que afeta nossos clientes”, disse Brian Davis, porta-voz da BB&T, ao CNN em uma declaração.

“Estamos também trabalhando continuamente para melhorar nosso serviço e operando procedimentos para fornecer a melhor experiência possível ao cliente”.

O banco tentou entrar em contato com o casal várias vezes

Quando Tiffany Williams foi contactada pelo banco em 21 de junho, ela disse que “não tinha mais o dinheiro porque ela já tinha pagado contas”, segundo a declaração.

Uma parte do dinheiro também foi para pagar contas e concertos de carros, e o casal deu US$15.000 para “amigos que precisavam de dinheiro”, disse Tiffany Williams aos investigadores, de acordo com a declaração.

Tiffany Williams disse ao banco que ela tentaria fazer um acordo de repagamento para o dinheiro devido, mas o banco não conseguiu entrar em contato com o casal após o dia 21 de junho por telefone, disse a declaração.

Tanto Tiffany como Robert Williams disseram aos investigadores que sabiam que o dinheiro não pertencia a eles, de acordo com a declaração.

Contactado pela CNN através de um número de telefone listado em registros públicos para Robert Williams, um homem que não se identificou disse que ele “não tinha comentários sobre isso agora”, e ainda não sabe o nome do defensor público no caso.

A WENEP, afiliada da CNN, divulga que o casal foi liberado sob fiança de US$25.000.

Fonte: CNN


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Kumon - Estude japonês!