NASA investiga primeira alegação de atividade criminal no espaço

Publicado em 25 de agosto de 2019, em Notícias do Mundo

A NASA investiga alegação de que uma astronauta teria acessado indevidamente a conta bancária de sua ex-esposa a partir da Estação Espacial Internacional.

Neste Artigo:
&nbspNASA investiga primeira alegação de atividade criminal no espaço
(ilustrativa/banco de imagens)

A NASA, agência especial do governo dos EUA, está investigando uma alegação de que uma astronauta teria acessado indevidamente a conta bancária de sua ex-esposa a partir da Estação Espacial Internacional – ISS, divulgou o New York Times – NYT na sexta-feira (23), potencialmente a primeira alegação criminal do espaço.

Publicidade

Anne McClain, astronauta da NASA, disse aos investigadores que ela tinha acessado a conta bancária de sua esposa enquanto estava em uma missão de 6 meses a bordo da ISS em preparação para seu papel na primeira caminhada espacial feminina da agência espacial americana.

A esposa de McClain, a ex-oficial da inteligência da Força Aérea, Summer Worden, apresentou uma queixa junto à Comissão Federal de Comércio que McClain havia cometido roubo de identidade, apesar de não ter visto qualquer indicação de movimentação ou gasto de fundos.

Os pais de Worden, então, apresentaram outra queixa junto ao Escritório de Inspeção Geral da NASA, alegando que McClain havia acessado indevidamente os registros financeiros particulares de Worden e conduziu uma “ação altamente calculada e manipuladora” para obter custódia do filho de Worden.

O advogado de McClain, Rusty Hardin, disse ao Times que “ela nega categoricamente que fez algo impróprio” e “está cooperando totalmente”.

Ele enfatizou que McClain estava monitorando a conta para garantir o bem-estar do filho de Worden, o qual as duas vinham criando juntas, usando a mesma senha para acessar a conta que ela tinha durante a relação delas.

Investigadores do escritório fiscalizador da NASA estavam em contato com ambas as mulheres para lidar com as acusações, divulgou o Times.

A duas se casaram em 2014 e Worden pediu o divórcio em 2018 após McClain a ter acusado de agressão – uma ação que Worden alegou fazer parte de tentativas de longa data por parte de McClain de obter a guarda do filho dela. Alguns meses depois, McClain foi para o espaço, e Worden então descobriu o acesso à conta bancária, divulgou o jornal. Worden negou ter cometido agressão e o caso foi posteriormente indeferido.

Oficiais da NASA disseram ao Times que eles não sabiam de quaisquer crimes que haviam sido cometidos na ISS.

A porta-voz da NAA Megan Summer disse ao Times que as alegações enfrentadas por McClain não eram um fator na decisão para cancelar em última análise a caminhada espacial, e se negou a comentar sobre as outras preocupações de Worden.

Fonte: CNN


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Kumon - Estude japonês!