Queda de avião deixa 2 pessoas mortas e cão sobrevive

Publicado em 10 de junho de 2019, em Notícias do Mundo

A bordo do avião de pequeno porte, que caiu em uma cidade nos EUA, estavam duas pessoas e um cão. O animal sobreviveu.

Neste Artigo:
&nbspQueda de avião deixa 2 pessoas mortas e cão sobrevive
(ilustrativa/banco de imagens)

Um avião de pequeno porte caiu e entrou em chamas na cidade de Nova York, nos EUA, deixando duas pessoas mortas. Um cão que também estava a bordo sobreviveu, disse a polícia.

Publicidade

O avião caiu na manhã de sábado (8) perto de um parque em Mattiuck, a Harbes Family Farm, após decolar do Aeroporto de Long Island MacArthur.

Havia somente duas pessoas no avião juntamente com o cão, disse o Departamento de Polícia de Southold Town em uma declaração.

Quando a equipe de emergência chegou ao local, o avião estava em chamas, e um fazendeiro local encontrou o cão após ele ter escapado dos destroços, disse a polícia.

&nbspQueda de avião deixa 2 pessoas mortas e cão sobrevive
Um cão escapou da queda do pequeno avião que deixou duas pessoas mortas no sábado, 7 de junho (News 12 Long Island via CNN)

Os corpos das vítimas foram retirados do local e transportados para a unidade de médicos legistas do Condado de Suffolk.

A Harbes Family Farm é um tipo de parque temático onde famílias podem se divertir com música e colher frutas. Em uma declaração após a queda, o local disse que o avião voou bem baixo antes da queda.

A Administração Federal de Aviação disse que está investigando a queda e que o Conselho de Segurança dos Transportes determinará a provável causa do acidente.

Fonte: CNN


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Easy Car Ride, carros e financiamentos
UNIP - Faculdade a distância no Japão