Japão é o nono país mais pacífico do mundo

Publicado em 17 de junho de 2019, em Notícias do Mundo

O Japão ficou em 9º lugar no ranking 2019 das nações mais pacíficas do mundo. Veja outras.

Neste Artigo:
&nbspJapão é o nono país mais pacífico do mundo
Pessoas na área do Todai-ji em Nara (banco de imagens)

O Japão é o nono país mais pacífico no mundo, de acordo com o relatório do Índice Global da Paz 2019 divulgado em 12 de junho.

Publicidade

O relatório marcou o 12º ano consecutivo que o Japão esteve entre os 10 mais pacíficos, obtendo marcas altas por seus baixos índices de crimes, conflito interno e terror político, dentre outros.

Entretanto, relações persistentemente turbulentas com seus vizinhos e crescente arsenal bélico das Forças de Autodefesa do Japão contribuíram para uma queda do terceiro lugar das nações mais pacíficas do mundo em 2010.

No ranking o Brasil ficou em 116º lugar.

O Índice Global da Paz é divulgado anualmente pelo Instituto para Economia e Paz, uma think tank com sede em Sydney, na Austrália, que a analisa os custos econômicos de violência, e tem base em estatísticas de organizações que incluem múltiplos órgãos das Nações Unidas e da Unidade de Inteligência da The Economist.

Ele mede uma ampla variedade de fatores ponderados que incluem crime violento, instabilidade política, policiamento e conflito externo e dá a cada um pontuação de 1 a 5, com a de 5 sendo a mais severa. Ele reduz essas em três “grandes fatores”: militarização, segurança e conflito interno e internacional.

A nação que ficou em primeiro lugar na lista de mais pacíficas do mundo, desde 2008, foi a Islândia, com pontuações de 1.0, 1.1 e 1.0 em cada um desses fatores, respectivamente. O Japão teve pontuações de 1.5, 1.3 e 1.4.

A Nova Zelândia ficou em 2º a Áustria em 4º e o Canadá em 6º.

A República Tcheca ficou entre os dez primeiros. O aliado mais próximo do Japão, os EUA, ficaram no terço inferior de todas as nações cobertas, na 128ª posição, recebendo a pior pontuação possível de 5 por seus índices de encarceramento, poder destrutivo de seus arsenais nucleares e conflito externo.

Nos últimos lugares da lista ficaram Sudão do Sul, na 161ª posição, a Síria em 162º e o Afeganistão em 163º – todos os quais estão vivenciando contínuos conflitos internos.

Fonte: Mainichi


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão