Dois japoneses presos no Camboja, suspeitos de assassinato

Publicado em 18 de março de 2019, em Notícias do Mundo

A polícia do Camboja anunciou a prisão de dois japoneses, sob suspeita de assassinato de um motorista de táxi, em Siem Reap, onde fica o famoso Angkor Wat.

Neste Artigo:
&nbspDois japoneses presos no Camboja, suspeitos de assassinato
Um dos japoneses dos 2 presos no Camboja (FNN)

Segundo as autoridades do Camboja foram presos dois japoneses, nos arredores de Siem Reap (província homônima), no final da tarde de domingo (17).

Publicidade

Foram identificados como Reimon Ishida e Ryuji Nakakuki, ambos com 23 anos. Teriam assassinado um motorista de táxi, 40 anos, com facada no pescoço, com a finalidade de roubá-lo.

Segundo a imprensa local os dois japoneses teriam deixado a Tailândia e entrado no Camboja, através da cidade da fronteira Poipet (Banteay Meanchey), no sábado (16).

No dia seguinte pegaram o táxi com destino a Siem Reap, cidade famosa pelo templo Angkor Wat, tombado como patrimônio mundial.

Depois de terem esfaqueado o motorista, teriam jogado o homem na rua. Mas, 300 metros adiante foram presos.

Os policiais locais informaram que os dois confessaram “queríamos dinheiro”.

&nbspDois japoneses presos no Camboja, suspeitos de assassinato
Carro do motorista de táxi assassinado (FNN)
Fontes: Asahi e FNN 


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!