AB InBev anuncia parceria para pesquisa de bebidas não alcoólicas derivadas da maconha

Publicado em 21 de dezembro de 2018, em Notícias do Mundo

A AB InBev e a Tilray investiram juntas 100 milhões de dólares na pesquisa de bebidas não alcoólicas que contêm substâncias da erva.

Neste Artigo:
&nbspAB InBev anuncia parceria para pesquisa de bebidas não alcoólicas derivadas da maconha
Por enquanto, a AB InBev está somente buscando usar ingredientes do cannabis no Canadá (imagem ilustrativa/banco de imagens PM)

A AB InBev, a maior produtora de cerveja do mundo, anunciou na quarta-feira (19) uma parceria com a Tilray do Canadá para realizar pesquisas sobre bebidas com infusão de maconha.

Publicidade

A Tilray é uma empresa canadense de produtos farmacêuticos e maconha.

Essa é a mais recente grande empresa que começa a explorar o mercado de cannabis após decisões para legalizar a maconha para uso recreativo no Canadá e em vários estados americanos.

A AB InBev e a Tilray investiram juntas 100 milhões de dólares na pesquisa de bebidas não alcoólicas que contêm substâncias da erva, o tetrahydrocannabinol (THC) e o cannabidiol (CBD).

“Temos a intenção de desenvolver um entendimento mais profundo que guiará futuras decisões sobre oportunidades comerciais em potencial”, disse Kyle Norrington, presidente da subsidiária canadense Labatt Breweries da Ab InBev em uma declaração.

Por enquanto, a AB InBev está somente buscando usar ingredientes do cannabis no Canadá. A empresa, cujas marcas mais importantes incluem a Bud Light e a Stella Artois, tomará uma decisão sobre se os produtos da maconha são comercialmente viáveis em uma data posterior.

No início dessa semana, a Tilray anunciou uma parceria com o grupo farmacêutico suíço Novartis para distribuir maconha medicinal em mercados internacionais.

A AB InBev, que tem sede na Bélgica, vem buscando maneiras para aumentar suas vendas, visto que os consumidores estão cada vez mais se voltando para cervejas artesanais e aquelas que são produzidas localmente e em menor quantidade.

Isso prejudica as vendas de cervejas que são produzidas em massa como a Budweiser e a Bud Light.

Fonte: CNN


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Kumon - Estude japonês!
Easy Car Ride, carros e financiamentos