Trump planeja se encontrar de novo com Kim Jong-un

Publicado em 21 de agosto de 2018, em Notícias do Mundo

Em entrevista à Reuters, Trump disse que mais um encontro com Kim “é bem provável”, enquanto defende seus esforços para convencer Pyongyang a abandonar suas armas nucleares.

Neste Artigo:
&nbspTrump planeja se encontrar de novo com Kim Jong-un
Reunião histórica entre Kim e Trump em 12 de junho deste ano em Singapura (CNN)

O presidente dos EUA Donald Trump disse na segunda-feira (20) que outro encontro com o líder norte-coreano Kim Jong-un “é bem provável”, enquanto defende seus esforços para convencer Pyongyang a abandonar suas armas nucleares.

Publicidade

Em uma entrevista concedida à Reuters, Trump, que realizou uma reunião histórica com Kim em 12 de junho deste ano em Singapura, disse acreditar que a Coreia do Norte havia realizado medidas específicas para a desnuclearização, apesar de dúvidas difundidas sobre a disposição de Kim em abandonar seu arsenal.

Enquanto insiste que “muitas coisas boas estão acontecendo” com a Coreia do Norte, Trump se queixou que a China não estava ajudando como ela fez no passado por causa de sua disputa comercial com os EUA.

Trump, que fez face ao desafio norte-coreano assim que assumiu o poder em janeiro de 2017, disse que ele havia trabalhado na questão da Coreia do Norte por apenas três meses enquanto seus predecessores vinham trabalhando nisso há  30 anos.

“Eu interrompi os testes nucleares (da Coreia do Norte). Eu interrompi os testes de mísseis balísticos (da Coreia do Norte). O Japão está satisfeito. O que vai acontecer? Quem sabe? Veremos”, disse ele.

Na reunião em Singapura, Kim concordou em termos amplos trabalhar para a desnuclearização da península coreana, mas a Coreia do Norte não deu indicações se estava disposta a desistir de suas armas unilateralmente como exigido pela administração de Trump.

Trump disse que a reunião em Singapura foi um sucesso e foi mais longe ao dizer que a Coreia do Norte não representa mais uma ameaça nuclear.

Na entrevista, Trump deu créditos a sua “boa química” com Kim para abrandar um impasse nuclear que no ano passado aumentou os temores de uma nova guerra coreana.

Questionado se uma outra reunião com Kim estava no horizonte, Trump disse: “é bem provável que faremos, mas eu não quero comentar agora”, e não deu detalhes sobre o dia nem local.

Críticos dizem que Trump fez muitas concessões a Kim ao concordar em realizar a reunião primeiro e então suspender os exercícios militares conjuntos entre os EUA e a Coreia do Sul enquanto ganhou pouco em troca.

Fonte: Reuters
Imagem: CNN


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
UNIP Faculdade à distância
Kumon - Estude japonês!