Tumor gigante é retirado do ovário de mulher nos EUA

Publicado em 5 de maio de 2018, em Notícias do Mundo

A paciente relatou que o tumor começou a crescer a uma média de 4,5 quilos por semana em novembro do ano passado.

Neste Artigo:
&nbspTumor gigante é retirado do ovário de mulher nos EUA
O tumor tinha em seu interior uma substância parecida com gelatina produzida por células tumorais (imagem ilustrativa/banco de imagens)

Um tumor de ovário de aproximadamente 60 quilos foi removido de uma mulher de 38 anos de Connecticut, nos EUA, neste ano, de acordo com dois médicos envolvidos no caso.

Publicidade

A paciente, que não quis ser identificada, relatou que o tumor começou a crescer a uma média de 4,5 quilos por semana em novembro.

Uma equipe médica, incluindo 12 cirurgiões, removeram o tumor em um procedimento que durou cinco horas, em 14 de fevereiro, no Hospital Danbury, em Connecticut, de acordo com o Dr. Vaagn Andikyan, ginecologista oncologista para a Western Connecticut Health Network e cirurgião líder no caso.

O tumor teve origem nas células epiteliais que revestem o ovário e era “mucinoso”, o que significa que em seu interior havia uma substância parecida com gelatina produzida por células tumorais, de acordo com Andikyan.

Tumor benigno

Embora o tumor era tecnicamente benigno, ou não canceroso, e não se espalhou para outros órgãos, ele estava pressionando vasos sanguíneos próximos e, portanto, era uma ameaça à vida da paciente, de acordo com o Dr. Linus Chuang, obstetra e ginecologista responsável pelo Western Connecticut Health Network, que também estava envolvido no caso.

Tumores mucinosos no ovário formam cerca de 15% de todos os tumores ovarianos, sendo notórios por estarem entre os maiores tipos de tumores conhecidos. Cerca de 80% são benignos, de acordo com um estudo de 2013.

Um dos maiores tumores já retirados de um humano foi um de ovário, de 137 quilos, removido no Hospital Stanford em 1991, de acordo com um relatório de 1994.

A paciente se recupera bem e já voltou ao seu trabalho

No mais recente caso, médicos removeram o tumor de 60 quilos, assim como 2,7 quilos de tecido da parede abdominal e excesso de pele que havia sido esticada pelo tumor. Os médicos também tiveram que reconstruir o abdômen da paciente, que havia ficado desfigurado por causa da massa, de acordo com Chuang.

Os médicos conseguiram salvar o útero e o ovário direito da paciente, e ela poderá ter filhos se escolher por isso, de acordo com Andikyan.

Agora, quase três meses desde a cirurgia, a paciente está se recuperando bem e retornou ao seu trabalho como professora.

Fonte: CNN
Imagem: Banco de Imagens


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Kumon - Estude japonês!