Quatro que chegaram do Brasil com variante do coronavírus são japoneses

Publicado em 14 de janeiro de 2021, em Brasil

As 4 pessoas que desembarcaram em Haneda, vindas do Brasil, são de nacionalidade japonesa. Essa variante foi encontrada no Amazonas antes.

Neste Artigo:
&nbspQuatro que chegaram do Brasil com variante do coronavírus são japoneses
Imagem ilustrativa do SARS-CoV-2 (Wikimedia)

Em relação à nova variante do coronavírus (SARS-CoV-2) encontrada nos 4 passageiros que voltaram do Brasil, identificada por pesquisadores japoneses no dia 10, “provavelmente evoluiu de uma linhagem do vírus que circula no estado do Amazonas”, diz nota técnica publicada na terça-feira (12), horário de Brasília,  por pesquisadores do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD), da Fiocruz Amazônia.

Publicidade

Esses 4 passageiros são de nacionalidade japonesa, todos da mesma família, os quais estiveram no Amazonas e retornaram em 2 deste mês. A filha adolescente era assintomática, o filho teve febre, a mãe apresentava quadro de dor de cabeça e de garganta, enquanto o pai teve que ser internado por causa da piora no sistema respiratório.  

A variante foi designada provisoriamente de B.1.1.28 (K417N / E484K / N501Y) e pode ser uma linhagem do vírus emergente no Brasil.

O pesquisador e cientista Felipe Naveca, que lidera a investigação científica, explica que ainda é preciso mensurar a circulação da variante no estado para estimar se ela teve impacto no aumento do número de casos e mortes pela doença.

Segundo a nota técnica, o SARS-CoV-e B.1.1.28 já circula no Amazonas desde abril de 2020, porém evoluía a uma taxa constante entre abril e novembro, sem apresentar tantas mutações na proteína S ou em outras regiões genômicas.

Em nota, o Ministério da Saúde do Brasil informou que, de acordo com as autoridades japonesas, a nova variante tem 12 mutações e que uma delas é a mesma encontrada nas variantes identificadas no Reino Unido e na África do Sul, “o que implica maior potencial de transmissão do vírus”. A nota do ministério destaca que não há “evidência científica que aponte impacto na efetividade do diagnóstico laboratorial ou das vacinas em estudo atualmente contra a Covid-19″.

Até quarta-feira o estado do Amazonas registrou 219,5 mil casos de infecção pelo novo coronavírus.

Fontes: Agência Brasil e Chunichi 


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão