Empresa francesa nega vazamento de radiação na China

Publicado em 15 de junho de 2021, em Ásia

A EDF realizou uma coletiva de imprensa após a CNN ter divulgado uma 'iminente ameaça radiológica' na planta nuclear chinesa.

Neste Artigo:
&nbspEmpresa francesa nega vazamento de radiação na China
Planta nuclear de Taishan, na China (Wikimedia/EDF Energy)

Uma companhia de energia francesa relacionada a uma planta de energia nuclear no sul da China negou que houve um acidente nuclear após um relato de um possível vazamento de radiação.

Publicidade

A EDF realizou uma coletiva de imprensa na segunda-feira (14) após a CNN ter divulgado uma “iminente ameaça radiológica” na Planta Nuclear de Taishan na província de Guangdong.

A mídia dos EUA disse que a subsidiária Framatome da EDF havia alertado o governo dos EUA sobre a ameaça em uma carta. A Framatome sediada na França projetou a planta e a opera em conjunto com uma companhia chinesa.

A EDF disse que recebeu dados da companhia chinesa na semana passada indicando que substâncias radioativas na forma de certos gases haviam vazado dentro de um dos dois reatores. Ela disse que a companhia chinesa tratou e liberou os gases na atmosfera de acordo com normas.

A empresa francesa descartou a possibilidade de um acidente, dizendo que níveis de radiação no local estavam dentro do limite.

A EDF disse que um incidente similar também aconteceu no ano passado. Ela pediu à companhia chinesa que apresentasse todos os dados para estudar a causa.

Fonte: NHK


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
EASY CAR RIDE